Foto: Pxhere

Mesmo empresas consolidadas no mercado e com uma base de clientes grande e sólida têm sempre processos a serem ajustados. A Projemar Telecom, instalada, há 25 anos, no bairro Cachoeirinha (região Nordeste), percebeu que precisa acompanhar melhor o processo de vendas. Para aumentar o grau de sucesso entre o primeiro contato do cliente e o fechamento do negócio, investiu em uma nova plataforma de controle.

A opção escolhida, de acordo com o analista financeiro da Projemar Telecom, Arthur Rodrigues Scarabelli, foi um sistema de gestão on-line batizado “Sistema Grátis”.

Desenvolvida para micro, pequenas e médias empresas, é uma plataforma de gestão ERP (Sistema de Gestão Empresarial). O sistema pode ser acessado pela internet e possui todas as ferramentas essenciais para pequenos negócios. À medida que a empresa cresce, o sistema acompanha esse desenvolvimento e passa a oferecer mais recursos.

“Temos uma cartela de clientes muito grande e é fácil perder o controle. O aplicativo nos ajuda a monitorar todo o processo e o que é vendido. Antes, não controlávamos, por exemplo, a quantidade de orçamentos que haviam se transformado efetivamente em negócios. Agora podemos identificar os gaps, retomar a negociação com o cliente, saber porque ele não fechou o negócio e propor outras soluções”, explica Scarabelli.

O sistema, que tem alguns módulos grátis, já está integrado à rotina dos gestores e funcionários há três meses. A empresa já viu o nível de assertividade melhorar entre 20% e 30%. O acesso é todo feito on-line, não há implantação; o controle de cada etapa da venda e o monitoramento com eficiência e segurança por meio de um dashboard que pode ser acessado de qualquer dispositivo móvel. Depois do módulo financeiro a ideia é implantar o de serviços.

“Vamos fazendo aos poucos. Quando o financeiro estiver completo, partimos para o módulo de serviços”, pontua o analista financeiro da Projemar Telecom.

Apesar de um 2017 muito complicado em que a empresa viu clientes se afastando e a equipe correndo risco de diminuir, este ano – ainda que pese a crise econômica e a insegurança política vivida pelo País até aqui -, a Projemar viveu um período de recuperação e prevê crescimento e novos investimentos para o ano que vem. Atualmente, a empresa é formada por 27 profissionais baseados em Belo Horizonte que prestam serviços em todo o Brasil, com maior incidência em Minas Gerais.

“As incertezas de 2018 nos impediram de crescer mais porque muitos clientes seguraram os investimentos ao máximo. Com isso passamos a focar mais nos clientes menores, pulverizando os projetos. Ano que vem tende a ser mais fácil. Seguimos nos reinventando até porque a tecnologia exige isso. O nosso diferencial é equilibrar inovação e credibilidade.

2019 será um ano de investimentos que ainda não posso antecipar”, conclui o analista.