O franchising cresceu 7% no primeiro trimestre de 2019. Em comparação ao ano passado, o faturamento do setor passou de R$ 38,762 bilhões para R$ 41,464 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF). No período, o segmento de Casa e Construção demonstrou o melhor desempenho e cresceu 12,9% na receita.

De olho no aquecimento do mercado, a RenoveJÁ – construtech que realiza reformas e manutenções – está inaugurando a primeira unidade em Minas Gerais, na cidade de Juiz de Fora, na Zona da Mata. A previsão da rede é abrir mais seis unidades no Estado até 2020 e investir R$ 2 milhões na região.

À frente da nova unidade está Leandro Habib, formado em geologia e engenharia civil, essa é a primeira vez que ele está empreendendo.

“Sempre quis empreender e trabalhar em uma área onde eu pudesse contribuir e aprender coisas novas e vi na franquia uma oportunidade, sem falar no custo benefício que se adequou às minhas necessidades e possibilidade financeira”, comenta Habib.

A unidade de Juiz de Fora é home office, formato que permite que o franqueado trabalhe em casa. De acordo com a ABF, houve um crescimento de 6,7% desse modelo no franchising em 2019.

“As franquias trazem muitas vantagens, principalmente por serem modelos já estruturados. Neste modelo, o franqueado não precisa de uma estrutura fixa para tocar o negócio, diminuindo gastos com aluguel e outras despesas”, comenta Leôncio Neto, fundador da rede.

Para abertura da nova unidade foram investidos cerca R$ 8 mil. “Como eu já tinha todo o material de escritório, incluindo hardware, houve uma redução nos custos iniciais do negócio. O suporte oferecido pela franqueadora também foi decisivo para o fechamento do contrato”, comenta Habib.

Entre os serviços oferecidos pela RenoveJá estão: reformas, manutenção e reparos, como pintura, hidráulica, alvenaria, gesso, elétrica, e manutenção, em imóveis residenciais e comerciais. A rede faturou R$ 6 milhões em 2018 e a expectativa é que encerre este ano com faturamento de R$ 30 milhões e alcance 60 unidades.

Para os interessados em adquirir uma franquia, a marca opera com dois modelos de negócio, home office e loja, que pode ser operado dentro de home centers, com investimento inicial que varia de R$ 15 mil a R$ 50 mil.