Cinco unidades do Sebraelab começam a funcionar, em novembro, nas cidades de Ipatinga, Varginha, Uberlândia, Montes Claros e Juiz de Fora. O ambiente colaborativo e multifuncional, montado pelo Sebrae, estimula o desenvolvimento de ideias inovadoras e a remodelagem de negócios, gerando conexões que permitem vários níveis de colaboração e coparticipação.

O espaço de experimentação e prática de gestão empreendedora e inovadora é direcionado para novos empreendedores, donos de Micro e Pequenas Empresas (MPE), Microempreendedores Individuais (MEI), colaboradores e parceiros do Sebrae. No local, poderão ser realizados testes de viabilidade, experimentação de novas metodologias e modelagens de negócios, acesso a ferramentas ágeis, pesquisas de mercado e capacitações.

“O Sebraelab é aberto para pessoas de todas as idades que tenham o espírito empreendedor. A ideia é permitir a experimentação de modelos de negócios e inovações que gerem diferença para quem quer empreender ou quem já tem seu negócio por meio da troca de conhecimento e acesso a ferramentas ágeis e modernas”, justifica a analista do Sebrae Minas Carla Batista.

A estrutura do Sebraelab também foi pensada para apoiar as startups, oferecendo capacitações em diversas áreas e permitindo que desenvolvam ideias e compartilhem soluções com outras empresas do segmento.

Os interessados em participar de palestras, jogos empresariais, mentorias e consultorias, oferecidas pelo Sebraelab, poderão se inscrever no site www.sebraelab.sebrae.com.br. Além disso, os participantes poderão propor e realizar eventos voltados para o empreendedorismo e às micro e pequenas empresas.

Projeto piloto – O primeiro Sebraelab foi inaugurado em março de 2017, na sede do Sebrae Minas, no bairro Nova Granada, em Belo Horizonte. Apesar do pouco tempo de funcionamento, o local já recebeu 9,4 mil visitantes, 240 eventos e capacitou 3,9 mil empreendedores.