Créditos: DIVULGAÇÃO

A Páscoa está se aproximando e a procura por produtos à base de chocolate estão em alta. Ainda há muitos indecisos em busca de boas opções para presentear – e se deliciar também.

No entanto, os elevados preços dos industrializados, somados à crescente busca por alimentos gourmet e personalizados, têm levado os consumidores a buscar alternativas para presentear amigos e familiares.

Segundo pesquisa do site Mercado Mineiro, em Belo Horizonte, a variação no valor de produtos típicos da época pode chegar a 75%. Além disso, os produtos também estão mais caros em relação ao ano passado, um aumento acima da inflação. Outro fator que impacta as vendas dos industrializados são as dietas restritivas e funcionais. Assim, muitos consumidores estão optando por ovos ou outros produtos correlatos, fabricados artesanalmente.

Na esteira dessa procura crescente, as padarias estão “colocando a mão na massa”, providenciando seus estoques e mirando na data comemorativa, com oferta de produtos de fabricação própria, que aliam beleza e sabor.

“A expectativa de vendas é muito positiva. As padarias trabalham intensamente nas datas comemorativas ao longo do ano e a Páscoa, acompanhada pelo aumento no consumo do chocolate verificado nesta época, ajuda muito na atração de fluxo e no aumento das vendas”, afirma o presidente da Associação Mineira da Indústria de Panificação (Amip), entidade que compõe a Amipão, Vinícius Dantas.

“Percebemos uma variação média de incremento nesta época do ano de R$ 15 a R$ 50 no tíquete médio, ou seja, uma ótima maneira de aumentar o faturamento e ainda fidelizar novos clientes”, destaca.

Produção própria – Segundo Dantas, o forte nesta Páscoa será a fabricação de ovos de chocolate tradicionais e recheados, ovos de colher, bolos com decoração especial, tortas artesanais e as colombas pascais, doces e salgadas.

“Com um pouco de criatividade é possível explorar várias maneiras de aumentar o faturamento”, afirma.

Apostando no bom desempenho das vendas do produto neste ano, a padaria Portugal, na região da Pampulha, apresenta novos sabores de ovos de colher para os seus clientes.

“No ano passado, vendemos cerca de 300 ovos e esperamos dobrar as vendas esse ano. Estamos testando mais receitas para diversificar”, conta a gerente administrativa e sócia proprietária, Maria do Rosário. Para atender à alta da demanda na padaria, Maria do Rosário afirma que remanejou a equipe de funcionários.

“Temos dois confeiteiros que estão dedicando dois dias por semana exclusivamente para a produção dos ovos”, finaliza, otimista.