Segunda a FBHA, escolha de Tiradentes diz respeito a todo o Circuito Turístico Trilha dos Inconfidentes, do qual faz parte - Drone Cry Imagens Aéreas

Tiradentes, no Campo das Vertentes, recebe a 18ª edição do Encontro da Hotelaria e Gastronomia Mineira – Edição Inconfidentes, nos dias 7 e 8 de dezembro. O evento, promovido pela Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), deve reunir cerca de 300 participantes.

O objetivo é discutir as tendências do mercado de turismo e as peculiaridades do setor em Minas Gerais. Fazem parte da programação temas como:

• Construção de carreira no setor hoteleiro;
• Classificação, segmentação e tendências em resorts;
• Padronização operacional e posicionamento mercadológico em hotéis independentes;
• Capacitação e qualificação profissional como diferencial competitivo;
• Tendências e indicadores econômicos de viagens e eventos corporativos;
• Incremento das vendas diretas em canais eletrônicos e programas de fidelização;
• Gastronomia como receita para o desenvolvimento do turismo.

Também serão oferecidos os workshops:

• “Etiqueta e qualificação profissional para o setor de hotelaria”;
• “Fotografia criativa na gastronomia e hotelaria”;
• “Gestão estratégica de custos na hotelaria”;
• “Tendências e inovação na governança hoteleira”;
• “Turismo inclusivo: novas possibilidades”;
• “Eventos sociais – oportunidades e tendências”;
• “Cinco sentidos na hotelaria: turismo de experiência”.
As inscrições são gratuitas para os empresários, profissionais e estudantes do setor e podem ser feitas pelo site www.encontrohotel.com.br

De acordo com o coordenador regional em Minas Gerais da FBHA, Marcos Valério Rocha, a escolha de Tiradentes diz respeito a todo o Circuito Turístico Trilha dos Inconfidentes, do qual faz parte. “O Encontro é itinerante e deve ir onde a hotelaria está, destacando as regiões com maior concentração hoteleira e turística. Todo o Circuito Trilha dos Inconfidentes tem uma base hoteleira grande e qualificada, com destaque para Tiradentes e São João del-Rei. Assim ajudamos a construir um conceito setorial da atividade a abrimos oportunidade para que os profissionais e empresários convivam e estabeleçam uma troca de experiências e conhecimentos tendo acesso ao conteúdo do Encontro”, explica Rocha.

No total, 11 cidades já receberam o evento, sendo Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), dentro do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (BH Airport), a mais recente, em maio. A expectativa é que a próxima edição, que será realizada em maio do ano que vem, aconteça em Ipatinga, no Vale do Aço.

O resultado das eleições de outubro também deve aparecer nas rodas de conversa e networking ao longo do evento. A indicação do deputado mineiro Marcelo Álvaro Antônio (PSL) para o Ministério do Turismo, por Jair Bolsonaro (PSL) – ler mais na página 11 – , assim como a decisão de Romeu Zema (Novo), eleito governador, sobre a existência da pasta, já que ele prometeu diminuir o tamanho da máquina pública, cortando ministérios e secretarias, devem ser alguns dos principais assuntos. Há o temor que a secretaria seja extinta ou absorvida por outras, perdendo, assim, peso político, e claro, investimentos.

“Esperamos que o novo governador do Estado, sendo originário de uma cidade turística (Araxá, no Alto Paranaíba), tenha sensibilidade não só para manter as estruturas ligadas ao turismo, como para investir. Sabemos que o turismo, mesmo onde ele não é a principal atividade econômica, contribui fortemente com o desenvolvimento das regiões”, avalia o coordenador.

Tiradentes, com pouco menos de 8 mil habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 2018, faz parte do Circuito Turístico Trilha dos Inconfidentes, junto com Alfredo Vasconcelos, Antônio Carlos, Barbacena, Barroso, Carrancas, Conceição da Barra de Minas, Coronel Xavier Chaves, Dores de Campos, Entre Rios de Minas, Ibituruna, Itutinga, Lagoa Dourada, Madre de Deus de Minas, Nazareno, Piedade do Rio Grande, Prados, Resende Costa, Ritápolis, Santa Cruz de Minas, São João del-Rei, São Tiago e São Vicente de Minas.