O novo maquinário faz parte de um pacote de investimento da ordem de R$ 12 milhões - Divulgação

A busca por uma alimentação saudável, além de uma questão de saúde, se tornou uma tendência de mercado. Cada vez mais pessoas estão dispostas a gastar um pouco mais de tempo na leitura de rótulos, procurando um bom lugar para comer fora de casa e até a pagar mais caro por alimentos com procedência conhecida e com menos aditivos químicos.

Diante desse quadro, indústria e comércio se mobilizam, apostam em inovação, investem em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e modificam sua relação com o consumidor final. Segundo a agência de pesquisas Euromonitor Internacional, até o ano de 2021 o mercado de alimentação saudável no Brasil deve crescer, em média, 4,41% anualmente. Só no ano de 2016, por exemplo, o setor de bebidas e alimentos saudáveis movimentou cerca de R$ 93,6 bilhões em vendas, colocando o Brasil na 5ª posição do ranking dos países mais importantes para o setor.

Na Trevo Alimentos, indústria láctea sediada em Sete Lagoas, na região Central, a saudabilidade aparece como quesito em todas as linhas, mas é na Apreciare que ela se tornou um atributo da marca. Em março de 2017, a empresa lançou 21 produtos da linha de uma só vez. O objetivo era alcançar uma camada de consumidores interessados em saúde e também em um certo grau de indulgência. Outros cinco produtos já existiam e passaram por uma modernização de embalagem. Na época foram investidos R$ 12 milhões na nova linha de produção – incluindo maquinário, desenvolvimento de produtos e comunicação. A Apreciare ganhou embalagens de tamanhos diferentes: 250 gramas e 500 gramas, além do tradicional 170 gramas. Para dar conta da demanda a força de trabalho foi acrescida em 8%, totalizando 270 funcionários trabalhando na planta da empresa.

O lançamento mais recente da Apreciare aconteceu em outubro, durante a Superminas Food Show 2018, em Belo Horizonte, com seis novos produtos. A linha Apreciare Grego recebeu a versão triplo zero adoçado com stevia (zero gordura, zero lactose e sem adição de açúcares) com dois sabores: morango com psyllium e coco. O Apreciare Skyr foi desenvolvido à base de leite desnatado com alto teor de proteínas obtido através de um processo de concentração de alta tecnologia. Na embalagem de 130g são 13g de proteína, também triplo zero nos sabores amendoim e morango com grãos. E, por fim, a linha Apreciare Kefir é produzida com leite fermentado semidesnatado produzido a partir da ação dos micro-organismos presentes naturalmente nos grãos de kefir.

Leia também:

Green Station está na contramão do fast food

Panificação atenta às tendências do mercado

Sabor – De acordo com a gerente de marketing da Trevo Alimentos, Clara Ribeiro, a proposta da Trevo é sempre alcançar a saudabilidade mantendo o sabor dos produtos. “Para isso investimentos em pesquisa e inovação. Pesquisamos o comportamento do mercado, apuramos tendências e desenvolvemos produtos com os atributos que o público pede. A tendência mais recente são os produtos proteínados, por isso criamos as linhas Skyr e Kefir”, explica Clara Ribeiro.

Para lançar os novos produtos a indústria trabalha em cadeia. Os estudos começam dentro do comitê de produtos quando são chamados parceiros como fornecedores, formadores de opinião e profissionais de saúde e nutrição. Também participam consumidores finais e membros do trade, como representantes do varejo.

“Outro ponto importante é compreender os regionalismos. Não basta importar uma ideia e querer implantar em todo o Brasil. É preciso respeitar os gostos, a cultura e os insumos que temos aqui. É certo que a saudabilidade é um critério que será cada vez mais cobrado das marcas. Comer bem passou a ser uma preocupação do brasileiro, principalmente de quem fica muito tempo fora de casa”, pondera a gerente de Marketing da Trevo Alimentos.