New Volvo S90 location driving - Foto: Volvo Cars/Divulgação

Reforçando sua estratégia global de eletrificação, a Volvo Cars Brasil está lançando seu terceiro veículo híbrido no País, o sedan S90 T8.

Em versão única de acabamento, o S90 T8 Inscription combina o motor Drive-E Turbo Supercharger 2.0, de 4 cilindros, que produz 320 cv, com um motor elétrico de 87 cv, alimentado por uma bateria de íons de lítio de alta capacidade (10,4 Kwh).

Juntos, geram 407 cv de potência máxima e torque de 640 Nm, transformando-o no modelo Volvo mais rápido já vendido no Brasil: 0 a 100 km/h em 4,9 segundos. Os dados são da montadora.

A bateria está instalada na área central, ao longo do túnel do chassi, e não compromete o espaço interno para os passageiros e para a bagagem (500 litros de capacidade), além de oferecer melhor distribuição de peso.

O S90 T8 é um modelo híbrido do tipo plug-in, ou seja, sua bateria é recarregada em tomadas comuns.

Faróis – O conjunto ótico conta com o Volvo FULL LED System, que incorpora quatro funções aos faróis.

A iluminação de LED é programada para evitar o ofuscamento da visão de outros motoristas que vêm em sentido contrário ou que estejam à frente no mesmo sentido ao mudar automaticamente entre um feixe de luz focado ou desfocado dos carros.

Há, também, nivelamento automático do facho do farol de acordo com o número de ocupantes e o carregamento do veículo, além de luz DRL (luzes de rodagem diurna) com acendimento automático, que contribui para a visualização do modelo, mesmo em dias muito claros.

Os faróis contam, ainda, com a tecnologia Automatic Bending Lights (ABL), que direciona os faróis automaticamente em até 30º para os lados, facilitando a visão nas curvas.

A transmissão é automática, de oito velocidades, que utiliza a tecnologia Shift by Wire totalmente eletrônica, traz uma nova função. A posição B auxilia na frenagem por meio do freio-motor elétrico para recuperar e transmitir energia de volta para o carro, seja para recarregar a bateria ou para uso imediato.

Nela, é também possível fazer a redução de marchas manualmente, ajudando na frenagem do veículo.

Leia também:

Modelo é luxuoso, seguro e apresenta muita tecnologia

Tecnologias – A tecnologia do painel de instrumentos digital de 12,3 polegadas incorpora funções como indicação do modo de condução, nível de regeneração de energia, quantidade de carga da bateria e horário em que ela estará 100% carregada.

A tela central, de 9 polegadas sensível ao toque, também agrega novas informações, que possibilitam ao condutor observar em gráficos o funcionamento do sistema híbrido, no que se refere a utilização dos motores elétrico e a combustão, seus respectivos consumos e também a regeneração de energia entre esses componentes.
Duas novas funções estão disponíveis na tela central:

• Hold: permite ao condutor “guardar” a energia da bateria para uso posterior. Por exemplo, no caso de o motorista optar por utilizar somente o motor a combustão na estrada e a carga da bateria na cidade. O ícone de um cadeado aparece no painel;
• Charge: aciona o carregamento da bateria utilizando o motor a combustão, que age como um “gerador de energia”.

O S90 T8 vem equipado com um cabo de 4,5 metros para carregamento de uso doméstico. A carga total da bateria, segundo a Volvo, é feita em três horas considerando uma tomada aterrada de tensão 220V e 16A.

É possível carregar o veículo com tomadas de menor amperagem, no entanto, com maior tempo para a recarga.

O modelo conta com três novos modos de condução:

• Pure: que é a condução econômica para uso urbano. Este modo utiliza 100% o motor elétrico. Como resultado, apresenta uma condução silenciosa, sem consumir combustível e com zero emissão de poluentes. Com a bateria totalmente carregada, a autonomia do veículo pode atingir até 40 km, dependendo das condições de uso, mas ainda assim cobrindo o uso diário da maioria das pessoas.

• Hybrid: para o uso cotidiano. É o modo padrão do modelo, programado para utilizar ambos os motores e entregar a melhor relação entre performance e consumo de combustível: 21,3 km/l na cidade e 25,6 km/l na estrada (dados do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular), conferindo nota A em eficiência energética.

• Power: é o modo de condução esportivo. O foco é na performance. Novos parâmetros de direção, trocas de marchas, respostas do acelerador e freios são ajustados para obter a melhor resposta para uma condução esportiva.

O sistema de suspensão traseira conta com bolsas de ar. O equipamento atua de forma ativa garantindo estabilidade ao veículo, em situações como frenagem, na qual a dianteira tende a “mergulhar”, em curvas e com carga extra de bagagem e passageiros.