18/06/2018
Login
Entrar




1941 - Cidade Industrial

Email
A-   A+
Em março de 1941, foi criada a Cidade Industrial de Contagem, a primeira na América Latina. O Diário do Comércio apoiou e pediu urgência na instalação do projeto.

Na época, a tendência mundial era a de investir nesse tipo de empreendimento, que valorizava a modernidade e o planejamento. A obra foi um marco no processo de industrialização de Minas Gerais, na medida em que atraiu empresas e contribuiu para a solução do problema de fornecimento de energia elétrica no Estado, que era um forte entrave à industrialização.

Com a garantia de fornecimento energético, a partir da criação da Cemig, e a crescente industrialização do país nas duas décadas que se seguiram, aumentou o interesse nacional pela Cidade Industrial de Contagem. O modelo, pioneiro no país, tornou-se um exemplo de sucesso e modernidade.
› últimas notícias
BDMG reduz juros para MPEs
Valor de dívidas de estados e municípios foi de R$ 594,1 mi
Fazenda critica MP do frete ao STF
Liberação de saque deve injetar R$ 39,3 bi no mercado
Uberl√Ęndia est√° no rumo da universaliza√ß√£o
Leia mais notícias ›
› Relacionados
História
1941 - Cidade Industrial
1942 - Vale do Rio Doce
1952 - Cemig
1953 - O Petróleo é nosso - Petrobras
1960 - Muda o nome
1962 - Usiminas
1967 - Modernização do parque gráfico
1976 - Jornal de Casa
1976 - Fiat
1982 - 50 anos
1978 - Minas Exporta
1986 - Açominas
1988 - Nova sede na Avenida Am√©rico Vesp√ļcio
1995 - Morre o fundador
2007 - Prêmio José Costa
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conte√ļdos online e vers√£o impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


16 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Di√°rio do Com√©rcio. Todos os direitos reservados. Pol√≠tica de Privacidade. Este material n√£o pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribu√≠do sem autoriza√ß√£o.