Publicidade

1942 - Vale do Rio Doce

Email
A-   A+
José Costa demonstrou a viabilidade da exploração racional e intensiva das reservas minerais do Estado, ajudando assim a fundar a Companhia Vale do Rio Doce.

O início da Segunda Guerra Mundial, em 1939, modificou totalmente o cenário para a exploração do minério de ferro no Brasil. Visando garantir o fornecimento para as suas siderúrgicas, Estados Unidos e Inglaterra assinaram com o Brasil os chamados Acordos de Washington, viabilizando a criação da Companhia Vale do Rio Doce.

Corria o ano de 1942. Os Acordos de Washington garantiam que a Inglaterra compraria e transferiria para o Brasil as jazidas de minério de ferro de uma companhia inglesa que explorava o insumo em Itabira. Enquanto isso, os Estados Unidos forneceriam um financiamento de US$14 milhões para obras e aquisição de máquinas para a ferrovia.

Ao governo brasileiro caberia a compra da Estrada de Ferro Vitória-Minas e o seu reaparelhamento, além da criação de uma companhia encarregada da extração, transporte e embarque de minério.

Hoje, a Vale é a maior exportadora mundial de minério de ferro e atua nas áreas de transporte ferroviário e marítimo, ouro, celulose, alumínio, metalurgia, siderurgia, reflorestamento e mineração de caulim, níquel, titânio, manganês e bauxita.
› últimas notícias
Indústria mineira volta a cogitar aportes
China decide reduzir os setores fechados ao capital estrangeiro
Suzano reajusta preço da celulose na América do Norte e na Europa
Pif Paf e Forno de Minas cruzam fronteiras para ampliar faturamento
Hipercentro da capital mineira ganha plano de reabilitação
Leia mais notícias ›
› Relacionados
História
1941 - Cidade Industrial
1942 - Vale do Rio Doce
1952 - Cemig
1953 - O Petróleo é nosso - Petrobras
1960 - Muda o nome
1962 - Usiminas
1967 - Modernização do parque gráfico
1976 - Jornal de Casa
1976 - Fiat
1982 - 50 anos
1978 - Minas Exporta
1986 - Açominas
1988 - Nova sede na Avenida Américo Vespúcio
1995 - Morre o fundador
2007 - Prêmio José Costa
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Emissoras de rádio assinam na Capital termo aditivo de migração de AM para FM
Voos de grande porte na Pampulha afetam Confins
Aporte da Mina Digital da Gerdau supera R$ 4 milhões
MG é 'campeão' na lista do trabalho escravo
Femec deve girar R$ 225,4 milhões neste ano
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› DC Franquia
Tutores amplia presença no País com mais sete unidades
SuperGeeks e Conserta Smart desembarcam em BH
Minas Gerais nos planos de expansão da Loucos por Churros
Setor de franquias cresce 8,3% no Brasil em 2016
Busger estreia como evolução dos food trucks
Leia todas as notícias ›
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


28 de March de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.