O Centro de Integração Empresa-Escola de Minas Gerais (CIEE/MG) promoveu, no dia 28 de novembro, no Clube dos Oficiais da Polícia Militar, solenidade em comemoração aos 40 anos de atividades ininterruptas da instituição e posse da diretoria institucional para o biênio 2020-2021. Durante o evento foi realizada homenagem ao colaborador Antônio Marcos Pereira pelos seus 30 anos de trabalho na instituição e o lançamento do livro “A Ponte Para o Futuro”, que narra a história do CIEE/MG.

O superintendente-executivo Antônio Carlos Dias Athayde, em seu pronunciamento, destacou o processo de expansão e modernização tecnológica do CIEE/MG. Ele ressaltou que mais de 500 mil estudantes já foram beneficiados com oportunidades de estágios em todo o Estado. Além disso, cerca de mil jovens foram atendidos pelo Programa de Aprendizagem que, desde agosto deste ano, tem a chancela da Fundação Roberto Marinho e passou a utilizar a metodologia do Programa Aprendiz Legal.

O diretor-presidente e membro fundador do CIEE/MG, professor Sebastião Colomarte, discorreu sobre os desafios que o grupo instituidor, integrado por ele, Waldemar Dornas Pereira, Antônio Eustáquio Óliver, Hélio José Muzzi de Queiroz e Therezinha Dardengo, enfrentaram para a implantação da instituição em Minas Gerais. “Nosso sonho se tornou realidade em 8 de dezembro de 1979, quando conquistamos nossa autonomia, tornamo-nos uma instituição independente de nosso coirmão paulista. O CIEE/MG, instituição de utilidade pública, hoje é referência na qualificação profissional dos estudantes, através dos Programas de estágio e de aprendizagem. ”

Durante a cerimônia, além do diretor-presidente, foram empossados os seguintes integrantes da diretoria institucional: José Pedro Barbosa e Waldir Esmero Campos (diretores vice-presidentes), Hélio da Silva Machado Filho e Patrícia Augusta de Alvarenga (diretores Financeiros), Raimundo Alves de Jesus e Flávia Dias de Castro (diretores secretários). No Conselho Fiscal, Cássio André Madureira Martins, Solange Gomes de Araújo Braz, Salvador Ohana (titulares), Acácio Murilo Neiva, Yvan Muls e Ângela Maria Marques Cupertino (suplentes).  E Antônio Carlos Dias Athayde (superintendente-executivo).

Reconhecimento – Presente na cerimônia, o vice-prefeito de Belo Horizonte, Paulo Lamac, destacou o papel social do CIEE/MG ao proporcionar a oportunidade de qualificação profissional aos estudantes e jovens através dos programas de estágio e aprendizagem, mantidos pela instituição.

“Deixo de público este reconhecimento da PBH pela imensa importância e enorme relevância desta instituição que, ao gerar oportunidades de estágio e de aprendizagem para nossa juventude contribui para o desenvolvimento socioeconômico de nossa cidade”, enfatizou Paulo Lamac.

Homenagem – O colaborador Antônio Marcos Pereira foi homenageado pelos 30 anos de serviços ininterruptos prestados à instituição. Conforme Antônio Carlos Athayde, ele é o fiel representante do bem mais precioso que o CIEE/MG possui: seus colaboradores. “Nosso homenageado representa muito bem o quadro de RH da nossa instituição, pois, além de ser um profissional competente, é ético, responsável e muito comprometido”, enfatizou.

Ao agradecer a homenagem, Antônio Marcos falou de sua gratidão de pertencer ao quadro de pessoal do CIEE/MG há 30 anos. Ele enfatizou a importância que os membros fundadores: o saudoso Professor Dornas e o Professor Colomarte tiveram para o seu crescimento pessoal e profissional.

Livro retrata a história do CIEE de Minas

Durante as comemorações dos 40 anos de existência do CIEE/MG, foi realizado o lançamento do livro “A Ponte Para o Futuro”. A obra, escrita pelo membro fundador e diretor-presidente da instituição, professor Sebastião Alvino Colomarte, narra a trajetória percorrida pelos fundadores, diretores, funcionários e demais apoiadores do CIEE/MG para transformar o sonho da inserção no mercado de trabalho em esperança e realidade.

O livro dá ênfase ao surgimento do Movimento CIEE no País e em Minas Gerais, sendo uma homenagem àqueles que, em algum momento, contribuíram para o sucesso da instituição.