COTAÇÃO DE 17/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2820

VENDA: R$5,2820

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3100

VENDA: R$5,4500

EURO

COMPRA: R$6,2293

VENDA: R$6,2322

OURO NY

U$1.754,86

OURO BM&F (g)

R$298,96 (g)

BOVESPA

-2,07

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

CIEE/MG – Estágio e Aprendiz Legal

CIEE/MG vence desafios com o suporte da área de TI

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Crédito: Divulgação

Desde meados de março passado, o mundo transformou-se do dia para noite. Sem nenhum aviso prévio, a pandemia global do novo coronavírus (Covid-19) afetou as relações pessoais e de trabalho, transformando drasticamente a vida das pessoas.

O isolamento social foi uma das medidas necessárias para conter a proliferação da doença. Para o Centro de Integração Empresa-Escola de Minas Gerais (CIEE/MG), o impacto da paralisação presencial das atividades foi enorme, mas o atendimento continuou, mesmo que de forma remota.

PUBLICIDADE

Para enfrentar os novos desafios causados pela proliferação do vírus, a equipe do Setor de Tecnologia da Informação da instituição, supervisionada por Lidiomar Soares, e avalizada pelas superintendências executiva e adjunta, iniciou um plano de contingência para não prejudicar totalmente o trabalho da instituição e os contatos com seus públicos interno e externo.

“Em menos de 24 horas, tivemos que ajustar toda a nossa tecnologia para adaptar nossos processos para o sistema home office. Assim, para a continuidade dos trabalhos, a primeira medida foi oferecer acesso remoto ao nosso sistema administrativo gerencial e demais recursos do CIEE/MG, via computadores pessoais ou cedidos pela instituição. Além disso, os ramais telefônicos de nossos colaboradores foram migrados para suas residências, para que não houvesse interrupção do atendimento aos estudantes, empresas e escolas. Nossa equipe conseguiu realizar essas tarefas com êxito”, ressalta Soares.

De acordo com ele, um dos grandes desafios para utilização de todos os recursos tecnológicos disponibilizados pelo CIEE/MG foi a internet, já que o serviço prestado para as residências oscila, e muitas vezes, é de baixa qualidade. Além disso, piorou muito com a utilização em massa da internet neste período de isolamento social.

“Mas estamos conseguindo executar todas as atividades com qualidade, mesmo com todas as diversidades. Além disso, trata-se de uma experiência nova para todos e, por isso, orientamos nossos colaboradores para utilizarem com desenvoltura as novas ferramentas tecnológicas, o que vem gerando bons resultados”, acrescenta.

Comprometimento – Soares ressalta que teve centralizar os atendimentos para atender a sede e as demais unidades instaladas em todo o Estado. Assim, segundo ele, a plataforma Microsoft Teams foi muito importante para os contatos entre os gestores e os colaboradores, seja por meio de videoconferência, ligações ou mensagens instantâneas.

“Nossa carga de trabalho aumentou bastante, mas com o comprometimento de nossa equipe de TI estamos conseguindo vencer os desafios que chegam dia após dia”, avalia.

Só para se ter uma ideia, de 20 de março a 19 de maio, o setor de TI recebeu 1.386 chamados para atendimento remoto de demandas, isso sem citar as chamadas telefônicas e via e-mail. “Na medida do possível, vamos atendendo todas as solicitações que chegam ao setor”, enfatiza Soares.

A assinatura eletrônica adotada pelo CIEE/MG, desde o ano passado, possibilitou o tráfego de documentos e contratos sem a necessidade de atendimento presencial.

Assim, os contratos com estudantes, escolas e empresas, e com os demais parceiros, prosseguiram sem interrupção, já que se trata de um documento legal juridicamente. Para Soares, o sistema venho para ficar.

Pós-pandemia, ele considera improvável a volta das assinaturas de documentos em papel. A maior resistência em relação a esse tipo de documento eram as escolas, que agora estão se adaptando à nova realidade.

Soares observa que muitos municípios mineiros carecem de acesso a novas tecnologias. Nesse sentido, muitos estudantes não têm como acessar a internet em suas residências e precisam se locomover para áreas que possuem o sinal do serviço ou procurar pessoalmente as unidades de atendimento da instituição.

Ele enfatiza que, com o apoio dos empresários e governantes, seria possível levar a internet a um número maior da população, o que poderia proporcionar que mais jovens mineiros tenham acesso remoto às oportunidades de estágio e de aprendizagem.

“Vejo agora que as pessoas estão tendo a ciência sobre a importância da TI para execução de suas tarefas de forma ágil e de qualidade. Nossa equipe está comprometida com o trabalho e sabe que ele não pode ser interrompido. Por isso, é necessária a união de todos para vencermos este desafio e continuar com nossa ação social, presente há mais de 40 anos em todo o território mineiro”, enfatizou.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER - CIEE MG

Fique por dentro de todos conteúdos da CIEE MG

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!