COTAÇÃO DE 24/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3430

VENDA: R$5,3440

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3800

VENDA: R$5,5030

EURO

COMPRA: R$6,2581

VENDA: R$6,2594

OURO NY

U$1.750,87

OURO BM&F (g)

R$301,00 (g)

BOVESPA

-0,69

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

DC Mais

Cidade dos Profetas faz uma série de concertos

COMPARTILHE

Crédito: Divulgação

A música antiga de Minas está de volta. Após mais de um ano com as atividades de difusão interrompidas, devido à pandemia da Covid-19, o Coral Cidade dos Profetas anuncia sua nova turnê: a série de “Concertos Itinerantes”. As apresentações acontecem, de acordo com os protocolos de biossegurança, em igrejas barrocas do interior de Minas. A série será inaugurada neste domingo (1º), em São Brás do Suaçuí, às 17h, na Igreja Matriz.

Acompanhado de orquestra de câmara e solistas, o Coral Cidade dos Profetas interpretará nas ocasiões, alguns dos clássicos do repertório que o notabilizou, pinçados originalmente em acervos setecentistas. “A cada recital um compositor do período colonial, como Manoel Dias de Oliveira, Joaquim José Emerico Lobo de Mesquita, Padre João de Deus de Castro Lobo, Marcos Coelho Neto e Jerônimo de Souza Lobo, será homenageado, com a intenção de revelar às novas gerações sua obra e sua biografia, e de aproximar este patrimônio imaterial de um público mais amplo, durante as apresentações em igrejas, reproduzindo a mesma atmosfera do período colonial”, explica o maestro do Coro, José Herculano Amâncio.

PUBLICIDADE

Após São Brás do Suaçuí – escolhida especialmente para abrir a turnê, devido ao grande número de estudantes e interessados em música erudita -, ainda dentro do mês de agosto, o Coral Cidade dos Profetas fará os concertos em Entre Rios de Minas (dia 5), Conselheiro Lafaiete (dia 15) e Congonhas (dia 22). Em setembro será a vez de Ouro Preto, São João Del Rei e Tiradentes.

 “Essas cidades foram escolhidas porque mantém a tradição da Música Colonial. Quando cantamos é como se a arquitetura barroca ainda presente em alguns aspectos destes lugares ganhassem sua trilha sonora”, conclui o tenor Antônio Maria Reis, um dos integrantes do grupo.

O repertório é composto por “Missa Pequena – Kyrie” (Joaquim de Paula Souza), “Jaculatória” (anônimo), “Sicut Cedrus” (anônimo), “Moteto O Vere Christe” (José Joaquim da Paixão),  “Matinas do Natal – Responsório I” (anônimo), “Tota Pulchra es Maria’ (anônimo), “Padre Nosso” (Lobo de Mesquita), “Ave Maria” (Lobo de Mesquita), ‘Stabat Mater” (Lobo de Mesquita), e “Ofertório de Nossa Senhora da Assunção” (anônimo).

Pioneirismo – Especializado na interpretação de música sacra antiga de Minas Gerais, e com três CDs gravados _ “Missa em Fá de Lobo de Mesquita”, “Mestres do Colonial Mineiro” e o disco “Louvor à Virgem Maria” _ o Coral Cidade dos Profetas desenvolve, nestas mais de três décadas de atuação, desenvolve o pioneiro trabalho de proteção deste patrimônio imaterial do País. Formação, difusão e promoção são bases das atividades desenvolvidas pelo grupo, sediado na cidade histórica de Congonhas.

Minas Gerais, nos séculos 18 e 19, protagonizou um apogeu criativo incomum com a presença de centenas de compositores _ grande parte deles atualmente desconhecidos _, e que trabalharam na criação de músicas para as celebrações litúrgicas que regiam a vida cotidiana. O tempo passou e a execução deste legado criativo do nosso povo foi deixando de acontecer, até que se restringiu basicamente aos acervos de poucas instituições de memória dedicadas à proteção das antigas partituras. O Coral Cidade dos Profetas surgiu com a proposta de divulgar esta rica musicalidade, símbolo da época do apogeu do Ciclo do Ouro.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!