COTAÇÃO DE 25/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,8200

VENDA: R$4,8210

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,8900

VENDA: R$5,0160

EURO

COMPRA: R$5,1520

VENDA: R$5,1546

OURO NY

U$1.853,68

OURO BM&F (g)

R$287,13 (g)

BOVESPA

-0,98

POUPANÇA

0,6724%

OFERECIMENTO

DC Mais

CURTAS DC MAIS | 04/09 a 08/09

COMPARTILHE

Crédito: Freepik

Museus municipais

A Casa do Baile – Centro de Referência de Arquitetura, Urbanismo e Design, o Museu Casa Kubitschek e o Museu Histórico Abílio Barreto são os espaços que recebem as mostras, que integram a programação do Pampulha Território Museus. Os três museus municipais públicos da Pampulha estão com exposições abertas ao público. “Marcel Gautherot – registros modernos da invenção da Pampulha: “depois e além”, “Gráficografia” e “Outras Habitabilidades” são as mostras em exibição, todas integrantes da programação do Pampulha Território Museus. As exposições reforçam a integração entre o Museu de Arte da Pampulha (MAP), a Casa do Baile – Centro de Referência de Arquitetura, Urbanismo e Design e o Museu Casa Kubitschek. As visitas podem ser feitas sempre de quarta-feira a domingo, de 11h às 18h, mediante agendamento on-line, no site.

“Arraial Arrumação”

No dia 7 de setembro às 19h os canais do Youtube de Saulo Laranjeira e da Rede Minas exibem o especial “Arraial Arrumação” um evento on-line em que o público mineiro poderá matar a saudade de um dos nossos festejos mais tradicionais. Uma celebração da música com o show “Forró Arrumado – com Saulo Laranjeira e Saldanha Rolim” e a participação do Trio Bodocó, e da gastronomia – referências que reconhecem Belo Horizonte como cidade criativa da Unesco pela gastronomia. Um evento sinônimo do acolhimento, afeto, hospitalidade e diversidade que os moradores e turistas da capital mineira encontram no “Mercado Central” e no “Sesi Museu de Artes e Ofícios”. O ponto inicial deste circuito é a “Praça da Estação”, um dos espaços urbanos mais complexos de Belo Horizonte.

Manifesto de maternidade

PUBLICIDADE




Até 30 de setembro, sempre às 10 horas, a artista Dayane Lacerda Queiroz apresenta no YouTube do Memorial Vale a performance “Diário de uma mãe performer”. Dayane define assim a sua produção: “Sou atriz, branca, mãe e bissexual. Esse vídeo performer é um manifesto caseiro feito pelo celular, em 30 capítulos, um registro de nós. A maternidade é dolorida, solitária, e afoga nossos corpos em demandas machistas inaceitáveis. Portanto, sejamos livres e revolucionárias.” A exibição do documentário integra o projeto Performance no Memorial – Gerais Cultura de Minas e a Programação Especial de 10 anos do Memorial Vale. O evento foi selecionado pela Convocatória de Programação do Memorial Vale 2021. Dayane Lacerda é atriz, mãe e performer. Mestre em artes pela UFMG, pesquisa a relação entre autoficção e processos corporais cênicos; performance e redução de danos; arte e saúde mental. Atua também como professora e diretora de teatro.

Paralimpíadas de Tóquio

A Rede Minas transmite a cerimônia de encerramento das Paralimpíadas de Tóquio 2020. A exibição vai ao ar neste domingo (5), às 8h (horário de Brasília). O evento acontece no Estádio Nacional do Japão, em Tóquio. O porta-bandeira do Brasil é o nadador Daniel Dias. O atleta já conquistou 27 medalhas paralímpicas. Este ano, foram três de bronze. Além da festa de encerramento, a Rede Minas exibe, também, as competições que marcam o último fim de semana de disputas. No sábado (4), o público acompanha de 1h45 às 9h e das 22h às 0h45. A transmissão das competições e da cerimônia de encerramento dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 vão ao ar pela Rede Minas e pelo site da emissora: redeminas.tv.

“Palco Iluminado”

Os cantores Thelmo Lins e Serginho Barbosa se reúnem aos músicos Daniel Rodrigues e Júlia Carvalho o lançamento do vídeo do show “Palco Iluminado”, com estreia marcada para o próximo dia 11 no Canal Universitário (canal 12 da NET) e, no dia seguinte, no YouTube/Canal Thelmo Lins. Esta é a terceira produção da TW Cultural nos quase 18 meses de pandemia e isolamento social. A filmagem foi realizada no Teatro Santo Agostinho, em Belo Horizonte, no início de agosto deste ano.  O roteiro de “Palco Iluminado” é composto por 15 canções brasileiras, sendo a maioria delas do período que vai de 1930 a 1960. Clássicos como “Chão de Estrelas”, “Carinhoso”, “As rosas não falam”, “Mensagem”, “A noite do meu bem” e “Eu sei que vou te amar” estão no roteiro, ao lado do choro “Tremendinho”, de autoria de Júlia Carvalho (lançado recentemente), e “Não quero cantar tão só”, canção que Thelmo Lins compôs para este projeto.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!