Crédito: Freepik

“Sempre um Papo”

O escritor Ruy Castro é o convidado de Afonso Borges em mais uma edição virtual do “Sempre um Papo” com transmissão ao vivo no Youtube e Facebook do projeto. O encontro vai acontecer na próxima terça-feira, às 18 horas, com o tema “A Vida Como Ela é / Será”.  O autor também falará de seu mais recente livro “Metrópole À Beira-Mar”, no qual a protagonista e o cenário é a fervilhante Rio de Janeiro.

Ele mostra o que aconteceu no Rio entre o Carnaval de 1919 e a Revolução de 30. Uma cidade em convulsão na imprensa, na literatura, na música popular, na ópera, no teatro, nas artes plásticas, no cinema, na caricatura, na praia, na ciência, na arquitetura, no futebol, na luta das mulheres, nos costumes, no sexo e nas drogas. Se o Brasil dos anos 20 ainda engatinhava rumo à modernização, o Rio de Janeiro tinha vida própria e já era sinônimo de arrojo e vanguarda.

Gastronomia mineira

A rica e diversificada cultura alimentar de Minas Gerais e seus territórios gastronômicos foram explorados em suas singularidades em dois episódios especiais do podcast Politiza, da Rádio Assembleia. Inspirados no projeto Nossa Comida Tem História, iniciativa realizada neste mês para celebrar o Dia da Gastronomia, em 5 de julho, os episódios 20 e 21 foram ao ar simultaneamente. Eles podem ser ouvidos pela página da Rádio e ou por plataformas e streaming como Spotify, TuneIn, Deezer, iTunes e Google Podcasts.

O primeiro, intitulado “Pitada de História – sabores e saberes da gastronomia mineira”, traz entrevistas com três estudiosos na área, além do presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Agostinho Patrus (PV).

“Palco Unimed-BH”

O “Palco Instituto Unimed-BH em Casa” foi idealizado pela mineira Marisa Coelho, da Polobh, com a proposta de oferecer ao público espetáculos dotados dos mesmos rigores técnicos aplicados nas apresentações presenciais, em um palco especialmente preparado com sistemas especiais de vídeo, iluminação e sonorização, que vão assegurar ao público a melhor experiência, com todo o respeito que o teatro merece.

Após Heloisa Périssé com o monólogo autoral “E foram quase felizes para sempre”, neste sábado (11), às 20h30, o projeto receberá Zezé Polessa, que após 16 anos da estreia, volta com “Não sou feliz, mas tenho marido”, no próximo dia 25. Todas as apresentações são ao vivo e on-line, do Teatro Claro Rio, com transmissão simultânea pelos canais no Youtube do Sesc em Minas, do Teatro Claro Rio e pelo Canal 500 da Claro, sempre às 20h30.

“Dia do Rock”

O Noturno festeja em dose dupla a edição deste sábado (11) o “Dia do Rock” e o aniversário de Ringo Starr, que completou 80 anos no último dia 7. Para soprar as velinhas, o compositor e pianista Túlio Mourão, que comanda a atração, apresenta as canções do álbum “Come Together, Túlio Mourão Plays Beatles”. O telespectador confere, na Rede Minas, o show em que ele faz uma releitura do quarteto de Liverpool temperada com muito jazz.

O programa vai ao ar às 23h30. O “Coletânea” também participa da festa. Batizado de “Especial do Rock”, o programa traz clipes dos veteranos Led Zeppelin, além de artistas que ainda mostram seus trabalhos no palco, como Red Hot Chili Peppers. Os brasileiros não saem de cena. Nomes como Pitty e Sepultura também são presenças garantidas na playlist do programa dirigido por Tatiane Coura, às 15 horas.

Tadeu Franco on-line

A Gravadora Naza Music em parceria com o Canal Universitário/TV Promove exibirá neste sábado, às 16 horas no canal do Youtube do artista e do Canal Universitário o show “Comunhão”, de Tadeu Franco. “Comunhão”, a canção que Tadeu Franco gravou com Milton Nascimento e Simone, dá nome ao novo show do cantor e compositor mineiro. O repertório reúne canções favoritas, sucessos e inéditas.

Tadeu Franco cresceu em Teófilo Otoni, no Vale do Jequitinhonha, onde teve seus primeiros passos musicais. Em sua discografia, constam participações em discos de Beto Guedes (“Andaluz”, na faixa “Choro de pai”, da autoria de ambos), Sá e Guarabyra (“Cartas, canções e palavras”), e na faixa “Barqueiro de vela”, de Tadeu, Sérgio Santos e Guarabyra), entre outros.