COTAÇÃO DE 27/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3780

VENDA: R$5,3790

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3130

VENDA: R$5,5370

EURO

COMPRA: R$6,2562

VENDA: R$6,2591

OURO NY

U$1.750,16

OURO BM&F (g)

R$300,91 (g)

BOVESPA

+0,27

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

DC Mais
Crédito: Freepik

“A Bela Adormecida”

O Teatro do Centro Cultural Unimed-BH Minas recebe, neste sábado (11), às 16h, o espetáculo “A Bela Adormecida”. Teatro, contação de história, música e interatividade do público ajudam a recontar a clássica história da princesa enfeitiçada por uma maléfica feiticeira e cai num sono profundo. Aurora, a princesa amaldiçoada, será salva por um beijo de amor verdadeiro. A peça tem adaptação, direção e iluminação de Fernando Bustamante. A duração é de 45 minutos. Os ingressos custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) e podem ser adquiridos, na bilheteria do teatro ou no site www.eventim.com.br. Na montagem da Cyntilante Produções, as músicas que ficaram conhecidas por meio da animação dos estúdios Disney, lançada em 1959, são cantadas ao vivo pelos artistas, o que promete muita emoção para crianças e adultos. A versão mais famosa da história de Aurora é a dos irmãos Grimm, publicada em 1812, sob o título: “Contos de Grimm – A Bela Adormecida”, inspirada na história do francês Charles Perrault, publicada em 1697.

“Lastro” de memórias

A partir de hoje e até 25 de outubro, o artista Washington da Selva apresenta no site do Memorial Vale a exposição ‘Lastro”. O trabalho nasce de uma pesquisa que  procura imagens relevantes para uma construção da memória do trabalho de seus familiares como agricultores, recorrendo a acervos digitais. O artista utiliza solvente para imprimir as imagens manualmente em cupons de registro de ponto do trabalhador de seu último emprego. O evento foi selecionado pela Convocatória de Programação do Memorial Vale 2021, integra o projeto “Mostra de Fotografia” do Memorial e faz parte da Programação especial de 10 anos do Memorial Vale. Washington da Selva é artista e pesquisador. É graduado em artes e design pela Universidade Federal de Juiz de Fora e mestre em artes, cultura e linguagens pela mesma instituição.

Mostra Afro Barreiro

PUBLICIDADE

O Hypershow, da Rede Minas, traz para a TV aberta o Mabam Festival – Mostra Afro Barreiro Alforriado Matias. Em sua quinta edição, o evento aconteceu em junho e chega ao programa em quatro edições especiais, aos sábados. Com o tema “Mercado afrikano”, trouxe para a programação atrações nacionais e internacionais, palestras, oficinas e intervenções artísticas. O Mabam nasceu na região do Barreiro, em Belo Horizonte, com a proposta de promover a história, a cultura afro-brasileira e conectar a capital mineira à África. O músico e compositor Marcos Buraco e a banda “Ponto Qu4atro” são as atrações que abrem o festival no Hypershow, neste sábado , às 17h. As atividades de Marcos Buraco superam a música. Seus trabalhos trazem um olhar sobre o cotidiano periférico, a resistência e os desafios dos povos pobres, indígenas e negros a fim de informar e resgatar identidades ancestrais. O público também pode acompanhar o programa, no mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

Musical “Catibiribão”

Neste domingo (12), às 11 horas, o Memorial Vale traz o musical Catibiribão, com Sílvia Negrão, um espetáculo infantil com músicas, lendas amazônicas e brincadeiras. As canções, folclóricas e autorais, vêm dos CDs Catibiribão, de Sílvia Negrão, que atua no musical com personagens, lembranças, sacis e cirandas de Belém, sua terra natal. Na direção, Lydia Del Picchia e Tarcísio Ramos. O evento foi selecionado pela Convocatória de Programação do Memorial Vale 2021 e integra o projeto “Eu, Criança, no Museu!” do Memorial Vale. O musical Catibiribão promove a interação de diversas artes, atiça a imaginação e enriquece o repertório das crianças e adultos que saem do espetáculo cantando e brincando. O roteiro se baseia nas lembranças de menina da personagem  Sílvia Negrão é cantora, compositora e professora de musicalização paraense, que reside em Belo Horizonte, onde construiu carreiras paralelas entre a música e a educação.

Sambas de Gilberto Gil

Nesta segunda-feira (13), o cantor e compositor mineiro Moisés Navarro lança o primeiro EP de seu novo projeto – “Aquele Abraço, Gilberto Gil”, disco que reúne belos e pouco explorados sambas do mestre Gil. As três faixas que compõem o EP, incluindo “A mão da limpeza”, com participação de Zezé Motta, estarão disponíveis em todas as plataformas digitais, incluindo Itunes + Deezer + Youtube Music + Spotfy + Rapisode + Vivo Music + Apple Music. Além de “A mão da limpeza”, lançada por Gilberto Gil no álbum “Raça Humana” (1984), as outras duas faixas são “Tradição”, pescada do álbum “Realce” (1979), e “Zumbi, a felicidade guerreira”, parceria de Gilberto Gil  com Waly Salomão feita para a trilha do filme “Quilombo dos Palmares” (1984), do cineasta Cacá Diegues. Intencionalmente, os três temas escolhidos para o primeiro EP trazem reflexões sobre a questão racial, temas recorrentes ao universo “gilbertoniano”.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!