COTAÇÃO DE 18/01/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3037

VENDA: R$5,3047

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3170

VENDA: R$5,4570

EURO

COMPRA: R$6,3724

VENDA: R$6,3747

OURO NY

U$1.837,39

OURO BM&F (g)

R$311,58 (g)

BOVESPA

+0,74

POUPANÇA

0,1159%%

OFERECIMENTO

Mercantil do Brasil - ADS

INFORMAÇÕES DO DOLAR

DC Mais
Página Inicial » DC Mais » CURTAS DC MAIS | 14/01/2021

CURTAS DC MAIS | 14/01/2021

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Crédito: Freepik

“Cristais do Tempo”

Abrindo 2021 com uma programação cultural rica, o MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal retoma as atividades com a sustentação de uma ação muito especial: a exposição “CoMciência – Cristais do Tempo”, que segue com programação virtual ao longo de janeiro. Hoje e no próximo dia 21, duas quintas-feiras consecutivas, o MN Gerdau realizará dois bate-papos, respectivamente, com os artistas Bruno Alencastro e Felipe Carelli, que compartilharam suas experiências como realizadores de arte digital e aprofundaram nos debates propostos por suas obras e, claro, pelo recorte curatorial do Edital CoMciência. A montagem teve como tema proposto aos artistas “Cristais do tempo: emergências nas fissuras do presente”. Os bate-pagos podem ser acessados no  Youtube do MM Gerdau Museu das Minas e do Metal (https://www.youtube.com/channel/UCe3cyY5I8-dWQ1ID7eZVOEg)

Curso de cinema

As inscrições para o módulo “Elaboração e Autonomia”, do curso “A imagem como potência”, que será ministrado pelo professor e pesquisador Júlio Vitorino Figueroa, estão abertas. O foco desse módulo será o cinema documentário. Os interessados podem se inscrever até o próximo sábado pelo site www.imagempotencia.com.br ou pelo telefone de contato (31) 98238-5352. A atividade é gratuita, realizada de forma on-line e voltada para jovens a partir de 15 anos de idade. As aulas acontecerão aos sábados, dias 16, 23 e 30 de janeiro, das 14 às 16h30, e no dia 8 de fevereiro, das 20 às 22h30. O curso é gratuito.

Oficina de dinossauros

Nos dois próximos domingos, às 10 horas, o músico e produtor de vídeos João Mota vai ensinar a fazer dinossauros no canal on-line do Memorial Vale. Você sabia que o território de Minas Gerais muito tempo atrás foi ocupado por dinossauros? Um deles é o Trigonosaurus, que viveu há 70 milhões de anos na região hoje conhecida como Triângulo Mineiro. Os fósseis do Trigonosaurus foram encontrados nos anos 1940. Ele tinha a altura de um elefante e 12 m de comprimento, era herbívoro e pesava 10 toneladas! Que tal aprender a fazer esse dinossauro utilizando materiais descartáveis? João Mota ensinará a fazer o Trigonosaurus e também o famoso Tricerátops que viveu nos Estados Unidos.

Contação de estória

Nos próximos dias 26, 27, 28 e 29, às 11 horas, o Memorial Vale apresenta no seu canal on-line o espetáculo de contação de estória “Seu Dazim Conta…”, com Keu Freire. Será um convite a uma boa prosa sobre lendas brasileiras. Um cafezim, um queijo dos bons, uns minutim de conversa, música com viola caipira e pronto! Seu Dazim propõe que o público embarque junto a ele nas lendas brasileiras e nos mais curiosos causos de que já se ouviu falar. O evento integra o projeto “Eu, Criança, no Museu!” do Memorial Vale. Keu Freire é ator, diretor, professor e produtor teatral formado no Teatro Universitário da UFMG (2011) e graduado pelo curso de licenciatura em teatro da UFMG.

Trem Tan Tan

No próximo dia 31, às 16 horas, o Memorial Vale traz o grupo Trem Tan Tan para apresentar o show “Sambilolado e Trem Negreiro”. Será uma síntese dos últimos trabalhos produzidos pelo coletivo, um repertório recheado de sambas reflexivos, românticos, funk, samba rock e outros que fazem denúncias sociais dos preconceitos vividos pelo cidadão com sofrimento mental. A apresentação integra o projeto “Gerais Cultura de Minas” do Memorial Vale, no canal on-line. O grupo musical Trem Tan Tan tem duas décadas de trajetória artística. É formado por um coletivo de compositores portadores de sofrimento psíquico. Nascido nas oficinas dos centros de Convivência Venda Nova e Providência, dispositivos da Política de Saúde Mental de Belo Horizonte, o coletivo propõe a inserção social, o resgate de cidadania do cidadão com sofrimento psíquico e o tratamento em liberdade em uma rede de serviços substitutivos ao manicômio.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!