Crédito: Freepik

Doação de sangue

Desde o início da pandemia da Covid-19, o número de doadores de sangue caiu significativamente em Minas Gerais. Os estoques estão, em média, 50% abaixo do ideal. Apenas o tipo sanguíneo AB positivo encontra-se em situação estável. A Fundação Hemominas segue uma série de procedimentos de prevenção para que as pessoas se sintam seguras ao entrar na instituição para doar sangue. Entre os cuidados adotados estão o agendamento do horário para doação; o uso obrigatório de máscaras; a utilização de álcool gel / líquido 70% e a reorganização das salas de espera e de coleta de sangue das unidades, garantindo distanciamento mínimo de um metro entre os doadores.

Hospital Vital Brazil

O diretor de hospitais da Fundação São Francisco Xavier (FSFX), o médico Mauro Oscar Soares de Souza Lima, incorporou mais um desafio importante àqueles que já vêm sendo enfrentados pelas equipes das quatro unidades geridas pela entidade nesses tempos de pandemia. A FSFX é o braço social da Usiminas nas áreas de saúde e educação e acaba de firmar contrato com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais para ser a mantenedora do Hospital Vital Brazil de Timóteo, no Vale do Aço. O anúncio foi oficializado pela Secretaria, no último dia 10. A fundação assume a gestão da unidade hospitalar por meio de um contrato emergencial, inicialmente de seis meses.

“Arautos da Poesia”

Aguida Alves e Sheila Emília, integrantes do “Arautos da Poesia” são as convidadas do “Sempre Um Papo” para falarem sobre suas atuações neste projeto criado em Sabará, há 11 anos, com o objetivo de promover a leitura poética para o público infantojuvenil. Essa será mais uma edição virtual do “Sempre Um Papo” com transmissão ao vivo no Youtube, Instagram e Facebook do Projeto. O encontro será mediado pela jornalista Jozane Faleiro e vai acontecer amanhã, às 18 horas. O grupo Arautos da Poesia foi criado em 2009, no dia em 14 de março, Dia da Poesia, em uma das unidades da Borrachalioteca (Sala Son Salvador) em Sabará. A proposta é o fomento, a promoção da leitura poética para o público infantil e infantojuvenil, de sete a 14 anos. 

Casa como paisagem 

Nos próximos dias 18 e 19, às 15 horas, o projeto Sensações Memoráveis, do Memorial Vale, oferece momentos de reflexão e observação do cotidiano e da própria casa através do trabalho da artista plástica Esther Az, que é bacharel em pintura pela UFMG. Ela preparou duas aulas de desenho para que as pessoas possam criar a partir do que está ao seu redor. Na primeira aula ela ensina desenho com lápis de escrever. Na segunda aula entra o trabalho com as cores, com colagens e lápis de cor, ou com o que a pessoa tiver em casa. As aulas são para todas as idades. A curadoria do evento, que faz parte da 14º Primavera dos Museus – Mundo Digital, é de Alessandro Aued. A aração está na programação on-line do #MemorialValeEmCasa.

“Viver entre folhas”

O Brasil das Gerais estreia hoje, às 17h30, a terceira temporada da série “Viver entre folhas”. A produção, realizada pela TV Viçosa, traz dicas e informações sobre plantas medicinais e alimentícias não convencionais. A atração, que será exibida semanalmente, é uma boa opção para quem quer fazer do quintal uma boa farmacinha para prevenir, curar e, até mesmo, dar sabor à mesa. Para a estreia, o programa apresenta entrevista com os idealizadores do projeto “Viver entre folhas”, que nasceu na Universidade Federal de Viçosa. No bate-papo, o engenheiro agrônomo Walter Batista Júnior e a terapeuta e herborista Alessandra Aziz falam sobre o trabalho com as plantas. A atração ainda conta com a participação da raizeira Isabel Cupertino.