COTAÇÃO DE 03-12-2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6790

VENDA: R$5,6800

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,7000

VENDA: R$5,8300

EURO

COMPRA: R$6,3643

VENDA: R$6,3655

OURO NY

U$1.784,10

OURO BM&F (g)

R$321,33 (g)

BOVESPA

+0,58

POUPANÇA

0,4739%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

DC Mais
Crédito: Freepik

“As faces do futuro”

Hoje, às 17 horas, com transmissão pelo YouTube do MM Gerdau, a futurista Lala Deheinzelin, uma das convidadas do webinário “Conversas sobre Perguntas”, aborda o tema “As faces do futuro: mudanças socioculturais, criatividade e inovação”. Considerada uma das cem mulheres do mundo a pensar “a nova sociedade”, Lala Deheinzelin discute as adaptações necessárias à vida nas próximas décadas.

Desde 2008, o movimento criado por ela dissemina milhares de futuros desejáveis em quatro continentes, por meio de palestras, oficinas e experimentos criativos. Outra questão a ser debatida em sua participação no webinário diz respeito ao papel dos artistas – e de toda a área cultural – como essencial às mudanças a serem construídas a partir de agora. A seu ver, afinal, o artista é o “designer do mundo”. Gratuita e com transmissão simultânea em libras, a palestra de será mediada pela jornalista Daniella Zupo.

“Sempre um Papo”

PUBLICIDADE

O ator Thiago Lacerda é o convidado de Afonso Borges em mais uma edição virtual do “Sempre um Papo” com transmissão ao vivo no Youtube e Facebook do projeto. O encontro vai acontecer hoje, às 18 horas, com o tema “A Vida Como Ela é / Será”. Thiago Lacerda nasceu em 1978, no Rio de Janeiro. Praticou natação dos 13 aos 18 anos, ganhando mais de 150 medalhas no esporte.

Em 1997 estreou na TV, no seriado teen “Malhação”, da Rede Globo. Seu primeiro grande papel foi minissérie “Hilda Furacão,” em 1998, com o qual recebeu o prêmio de Ator Revelação. Desde então, são dezenas de novelas e minisséries. No cinema atuou em diversas produções, incluindo “Irmãs de Fé” e “O Tempo e o Vento”. No teatro são inúmeros espetáculos incluindo os clássicos “Hamlet” e “Macbeth”.

Envelhecimento humano

O “CineCentro” de julho, realizado pelo Centro Cultural UFMG, sugere filmes que se debruçam sobre o envelhecimento humano, abordando-o em suas múltiplas possibilidades, dilemas e discursos cinematográficos. A seleção apresenta narrativas ficcionais de diferentes países e demonstra como a representação da “velhice” e dos “velhos” nas películas cria possibilidades de contraposições de ideias preconceituosas e estigmatizações, gerando novos sentidos e significados sobre a longevidade da vida.

A atração de hoje é comédia dramática “O filho da noiva (2001), produção conjunta da Argentina e Espanha dirigida por Juan José Campanella, com Ricardo Darín, Norma Aleandro e Natalia Verbeke. Acesse o filme pelo link.

Estação de Santa Luzia

Santa Luzia traz, em suas ruas, parte da história de Minas. A cidade foi ponto de passagem dos tropeiros, no período colonial, para mais tarde abrigar os trilhos da Estrada de Ferro Central do Brasil. A Maria-Fumaça não dá mais apito no município, mas o complexo ferroviário continua imponente nos seus quase 130 anos. A equipe da Rede Minas desembarcou no local e mostra as belezas do lugar na série “Estações”, hoje, às 20h30.

Em um passeio que parte da Estação de Santa Luzia, o episódio apresenta o patrimônio dos séculos XVIII e XIX que se mantém vivo nas ruas e na memória da população. O local hoje abriga um complexo turístico que se tornou um cartão postal da cidade. É de lá que eles contam sobre o município e o trem que mudou o rumo da história do lugar.

“Sommelier de Cerveja”

Estão abertas as inscrições para o curso de “Sommelier de Cerveja” da Escola Mineira de Sommelieria (EMS). As aulas da 18ª turma terão início em agosto, dentro de um novo formato, que passam a ser, em grande parte, virtual. A EMS , desde o início da quarentena, migrou suas aulas para uma sala virtual, mantendo o conteúdo programático teórico e as práticas de degustação e harmonização.

A turma em andamento do curso de “Sommelier de Cerveja” recebeu em casa uma caixa com dezenas de rótulos de cerveja para as degustações de cada aula. A análise sensorial das cervejas foi mantida, tal qual acontecia no curso presencial, sempre acompanhada pelos professores Fabiana Arreguy e Carlos Henrique Vasconcelos.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!