Crédito: Divulgação

Imagens negras

No mês da Consciência Negra, o Memorial Vale exibe hoje, às 19 horas, o filme “Minha Raiz”, da cineasta Labibe Araújo e o episódio I da série “Vendedora de Sonhos”, do Coletivo Coisa de Preto. Em seguida, haverá uma roda de conversa com a cineasta Labibe Araújo e com o educador Henrique Bedetti. Eles abordarão o tema: “Imagens Negras: por um audiovisual decolonizador”. A partir daí, o filme e o episódio ficarão em exibição em looping até o próxio dia 29, no horário de funcionamento do Memorial. A entrada é gratuita, sujeita a lotação. O Coletivo Coisa de Preto foi criado para abordar artisticamente situações cotidianas vividas pela população afro-brasileira residente nas periferias, vilas e favelas. O endereço é Praça da Liberdade, 640, Funcionários.

Sarau de mulheres

A convivência e a conversa sobre temas previamente escolhidos motivam a reflexão e o compartilhamento de ideias, sentimentos, preocupações, descobertas, projetos, realizações. Motiva também a criatividade e a escrita, que emerge para registrar todas essas experiências em forma de contos, crônicas, relatos e poemas, percorrendo os temas escolhidos. Assim acontecem os saraus de um grupo de mulheres em encontros mensais, em torno de mesas preparadas com esmero pela anfitriã do dia, mas providas pelo grupo de sarauzeiras. Esses encontros serão abordados no sarau “Mulheres em Conversa: Conviver e Escrever”, que será realizado amanhã, às 19h30 na Academia Mineira de Letras (rua da Bahia, 1.466, Lourdes).

Empreendedorismo feminino

No próximo sábado, a partir das 11 horas, a artista plástica mineira Vânia Braga integrará a programação da 1ª Feira de Cerâmica do Grande Hotel Ronaldo Fraga. Junto da designer de ambientes, Débora do Espírito Santo Lima, e da designer de interiores, Érika Medeiros, a escultora participará de um bate-papo com o tema “Empreendedorismo Feminino e a Economia Criativa”. Mediado pelo jornalista e responsável pela comunicação da Casa Cor Minas, Fábio Gomides, o debate fará parte do conjunto de atrações do evento, que será voltado para a abordagem de trabalhos desenvolvidos por ceramistas de Belo Horizonte. A feira ainda contará com diversos encontros e conversações sobre arte, moda e cultura. O endereço é rua Ceará, 1.205, Funcionários.

“Pisada de Caboclo”

Terreiros de Umbanda e Candomblé vão se reunir com representantes de aldeias indígenas no  próximo sábado, de 9h30 às 13 horas, para uma grande celebração, confraternização e reflexão no Parque Lagoa do Nado (rua Desembargador Lincoln Prates, 240, Itapoã). Trata-se do Encontro Pisada de Caboclo 2019, que este ano faz parte do Festival de Arte Negra (FAN), organizado pela Prefeitura de Belo Horizonte. A entrada é gratuita. São esperados representantes de vários terreiros e povos indígenas, que irão com seus trajes tradicionais e trarão danças e músicas e toantes sagrados para celebrar e fortalecer a confluência cultural e espiritual entre os povos de matriz africana e indígena, e sua ancestralidade.

Circuito de Trekking

O Circuito Mineiro de Trekking será realizado no próximo domingo,  a partir das 8 horas, na Praça Melo Viana no centro de Sabará. O evento é organizado pela Federação de Trekking e Enduro a Pé em parceria com a Secretaria de Esportes por meio da Lei de Incentivo ao Esporte de Minas Gerais. Os participantes terão direito a camisa do evento e todos os inscritos receberão uma medalha de participação. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site www.femitep.com.br.