COTAÇÃO DE 02-12-2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6600

VENDA: R$5,6600

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8130

EURO

COMPRA: R$6,3753

VENDA: R$6,3783

OURO NY

U$1.768,55

OURO BM&F (g)

R$319,92 (g)

BOVESPA

0,4902

POUPANÇA

+3,66%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

DC Mais
Crédito: Freepik

Nota de falecimento

A Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e a indústria lamentam o falecimento de José Maria Meireles Junqueira, criador e ex-diretor da Consita Construtora e sócio-fundador da empresa GNV Compressores e Máquinas. Entusiasta do associativismo, foi vice-presidente da Fiemg, dentre outros cargos, fundador e presidente do Sindicato das Empresas de Coleta, Limpeza e Industrialização de Resíduos de Minas Gerais (Sindilurb), conselheiro e gestor do Sesi-MG e chanceler da Medalha do Mérito Industrial.

“A arte da oratória”

Depois do sucesso da primeira edição, a Academia Mineira de Letras (AML) abre nova turma do curso gratuito “A arte da oratória: introdução aos princípios retóricos, reflexões linguísticas e comunicação eficaz”. Ministrado pelo professor e mestre em estudos linguísticos Ivan Capdeville Junior, será disponibilizado em formato on-line pela plataforma AMLCursos entre 2 de agosto e 13 de setembro. As inscrições já estão abertas para o público e as vagas são limitadas. As situações de fala mostram-se numerosas e diversificadas. Porém, o desenvolvimento da oralidade costuma receber pouca atenção na educação formal. Profissionais, estudantes, artistas, escritores e intelectuais conquistam resultados surpreendentes quando desenvolvem seu potencial retórico e uma comunicação eficaz. Com essa perspectiva a AML oferece ao público, por meio de sua plataforma on-line  um curso dinâmico, com percurso individualizado, sobre os principais aspectos da oratória.

Sarau de Poesias

PUBLICIDADE

Despertar o prazer da leitura e estimular a criatividade. Este é o objetivo do Sarau de Poesias que será transmitido hoje, às 10h, pelo Facebook e pelo YouTube do Instituto Ramacrisna. A atividade, voltada para o público infantil, será realizada na Kombi Florinda, com a contadora de histórias Nana(@nanaencanta). A Kombi de brincar é recheada de objetos lúdicos, que permitirão uma verdadeira viagem na imaginação. De forma descontraída, Nana buscará despertar emoções que levem a um universo mágico. “Por meio da poesia, as crianças serão apresentadas a uma nova forma de linguagem, o que contribui muito para ativar a criatividade e ampliar a aprendizagem”, destaca a vice-presidente do Instituto Ramacrisna, Solange Bottaro. Esta é a terceira live do projeto Construindo o Futuro, patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

Faixa de Cinema

O “Dia da mulher negra, latina e caribenha” é celebrado, no próximo domingo, com o objetivo de dar visibilidade à luta das mulheres negras contra a opressão de gênero, a exploração e o racismo. Para reforçar a importância da data, a Rede Minas exibe produções audiovisuais que resgatam a representação da negritude feminina e ressaltam a força da mulher negra. A Faixa de Cinema traz quatro filmes dirigidos por jovens negras do universo cinematográfico. São eles “A mulher que eu era”, de Karen Suzane; “Cor de pele”, de Larissa Barbosa; “A mulher no fim do mundo”, de Ana do Carmo; e “O sonho puído”, de Deisiane Barbosa, que vão ao ar hoje, às 23h. A Faixa de Cinema especial com o especial “Representação da negritude feminina – A força da mulher negra” também pode conferir os curtas, no mesmo horário, pelo site da emissora: redeminas.tv.

“O caderno do papai”

Passados oito anos desde “A cidade, o inquisidor e os ordinários”, romance finalista dos prêmios São Paulo de Literatura e Portugal Telecom de Literatura, o escritor Carlos de Brito e Mello prepara-se para o lançamento de seu primeiro título infantil, “O caderno do papai”, que acontece amanhã, às 11h, na livraria Quixote (rua Fernandes Tourinho 274, Savassi), pela Acolá Editora. Mais do que uma obra que aborda a experiência de paternidade específica de Carlos, “O caderno do papai” se apresenta como um comovente flagrante da relação de partilha que tem início com o nascimento de uma criança – e o consequente nascimento do pai – na construção de um amoroso texto comum, feito de impressões que o afeto fabrica, mistura e propaga.“O caderno do papai” é o terceiro livro da série iniciada por “Tic-tic, o elástico invisível do coração” e “Mamãe Bel”, de Graziela Andrade, ambos da Acolá Editora.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!