COTAÇÃO DE 07/12/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6180

VENDA: R$5,6180

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6500

VENDA: R$5,7830

EURO

COMPRA: R$6,3427

VENDA: R$6,3451

OURO NY

U$1.784,35

OURO BM&F (g)

R$323,23 (g)

BOVESPA

+0,65

POUPANÇA

0,5154%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

DC Mais
Crédito: pixabay

Dia de Cooperar

Uma oportunidade de mostrar a jovens do mundo inteiro como a força da cooperação é fundamental para melhorar a vida das pessoas no planeta. Na próxima terça-feira, o Sistema Ocemg participará do “Centenary Conference of The Cooperative College” em Rochdale, Inglaterra. Com palestrantes do mundo inteiro, a conferência explora o que torna a educação cooperativa única e examina como ela oferece soluções para diversos problemas da sociedade. Na ocasião, será apresentado ao público um pouco sobre como funciona o Dia de Cooperar (Dia C), programa de voluntariado das cooperativas brasileiras que beneficia milhões de pessoas em todo o País há mais de uma década. Criado em Minas Gerais pelo Sistema Ocemg em 2009, o Dia C está alinhado aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos pela ONU.

PUBLICIDADE

História de Irmã Dulce

A jornalista e escritora Karla Maria é a convidada do Sempre Um Papo para o debate e o lançamento do livro “Irmã Dulce – A Santa brasileira que fez dos pobres sua vida (Ed. Paulus), nesta segunda-feira (25), às 19h30, na Casa Paroquial da Igreja São José (rua dos Tupis, 164, Centro). O livro reportagem traz detalhes da história de Irmã Dulce. Sua vida, seus passos e milagres são reconstruídos a partir de registros históricos, de um trabalho de apuração e de escuta atenta das testemunhas vivas que conviveram com a freira que dedicou sua vida a amar e servir. Como poucos e à frente de seu tempo, Irmã Dulce denunciou a miséria baiana com seu trabalho silencioso. Karla Maria é autora do livro Mulheres Extraordinárias (Paulus Editora), com o qual venceu o Prêmio Guarulhos de Literatura em 2017, na categoria Escritor Revelação.

Biografia de cachorro

O escritor Osias Ribeiro Neves se inspirou em seu cãozinho de estimar e na biografia não autorizada do cantor Roberto Carlos, publicada em 2007, para criar, com a participação de sua companheira, Marisa Verdolin, “Uma biografia autorizada – Chicó”. Dividido em 13 capítulos, batizados com nomes de filmes, como “Golpe de Mestre”, “Minha Vida de Cachorro” e “Verão de 42”, o livro narra a vida de um cachorro a partir de sua chegada no Mercado Central de Belo Horizonte até a sua integração com a família do autor. O nome do pet foi escolhido para homenagear o personagem de Selton Melo no filme “O Auto da Compadecida”. O livro será lançado neste sábado (23), às 10 horas, no restaurante Tip Top (rua Rio de Janeiro, 1.770, Lourdes), com entrada franca.

Sarau Libertário

Em 2019, o Sarau Libertário se propôs a realizar edições mensais, ocupando aparelhos culturais da região da Pampulha. O evento – que mescla diferentes linguagens que se constroem a partir da palavra, como teatro, música, literatura e artes visuais – começou suas atividades em abril e realiza neste domingo (24), sua última edição do ano. Gratuita, a programação acontece a partir das 14 horas, no Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado (rua. Min. Hermenegildo de Barros, 904, Itapoã, Pampulha).  O Sarau Libertário agora se debruça sobre o tema “Vivendo a Cidade” e conta com a participação do escritor Luiz Ruffato, a vereadora e artista cênica Cida Falabela e a produtora cultural Juliana Flores.

Antelope Canyon

Até o próximo dia 29, a Templuz, do Grupo Loja Elétrica, recebe a exposição “Insólito” com os trabalhos da fotógrafa Luciana Matosinhos. A mostra é gratuita e apresenta registros do famoso Antelope Canyon, localizado no Arizona, nos Estados Unidos, e considerado o mais fotogênico do mundo. Quem passa pela avenida Nossa Senhora do Carmo, 1.105, no Sion, também pode apreciar e se encantar com uma das imagens da mostra exposta no Mural Templuz. Situado no deserto o Antelope Canyon é um abismo de erosões que impressiona com suas formas que parecem estar sempre em movimento, bem como suas cores em tons quentes como amarelo, laranja, ocre, vermelho e roxo. A exposição pode ser vista de segunda a sexta-feira, das 9h às 19 horas, e no sábado, das 9 às 14 horas.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!