COTAÇÃO DE 17/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,9420

VENDA: R$4,9430

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,0400

VENDA: R$5,1520

EURO

COMPRA: R$5,2307

VENDA: R$5,2334

OURO NY

U$1.814,77

OURO BM&F (g)

R$290,29 (g)

BOVESPA

+0,51

POUPANÇA

0,7025%

OFERECIMENTO

DC Mais

CURTAS DC MAIS | 26/01

COMPARTILHE

Crédito: Freepik

“Raffaelo e a Idade de Ouro”

As primeiras décadas do século 16 foram consideradas a “Idade de Ouro do Renascimento”, ocasião em que artistas e letrados acreditaram ter alcançado a síntese entre as formas da natureza e a perfeição da antiguidade clássica. Raffaello Sanzio (1483-1520), o mais jovem da trindade encabeçada por Leonardo da Vinci e Michelangelo, foi considerado o mais perfeito entre eles. Para falar sobre esse artista que uniu a forma da estatuária clássica à naturalidade da expressão humana, a Casa Fiat de Cultura convida Elisa Byington, pós-doutora em história da Arte, para ministrar a palestra virtual “Raffaello e a Idade de Ouro do Renascimento”. O evento será realizado hoje, às 19h, com participação gratuita e inscrições pela Sympla. A palestra fará recorte histórico na fase madura do jovem artista, evidenciando sua habilidade de transpor para a pintura a complexidade das grandes ideias abstratas. As composições e figuras criadas por Raffaello serviram de modelo e tornaram-se verdadeiros protótipos para arte que viria depois, até a ruptura com a tradição clássica no final do século 19.

“Crônicas à beira-mar”

O médico e professor Evaldo D’Assumpção lança seu mais novo livro “Crônicas à beira-mar” (Editora Del Rey) em entrevista especial com o presidente da Academia Mineira de Letras, Rogério Faria Tavares. O público terá a oportunidade de saber mais sobre a publicação em vídeo exclusivo, disponível no canal do YouTube da AML a partir das 11h de amanhã. Evaldo D’Assumpção fala sobre vários assuntos relacionados ao atual exercício da medicina, a relação entre os profissionais da medicina, a publicidade e os meios de divulgação dos serviços médicos; a judicialização das relações médico-paciente e o incrível avanço das tecnologias e dos robôs sobre os protocolos de tratamento médico. O especialista aborda também o tema no qual foi um dos pioneiros no Brasil: a chamada tanatologia, a qual hoje prefere chamar de biotanatologia, palavra que melhor identifica esse trabalho. Afinal, tanatologia seria o “estudo da morte”, quando na realidade o que se faz é um “estudo da vida, pela ótica da morte”, procurando melhorar a qualidade de vida das pessoas que sofrem com perdas.

Cláudio Venturini e Crio

PUBLICIDADE




O guitarrista, vocalista e compositor Cláudio Venturini, junto com o Crio, trio formado por Christiano Caldas (piano), Kiko Mitre (comtrabaixo) e Lincoln Cheib (bateria), estreiam show inédito, em formato presencial, na reabertura do auditório do Memorial Minas Gerais Vale, amanhã, às 19h30, dentro do projeto Contemporâneo. No repertório estão canções que marcam a trajetória de Cláudio Venturini no grupo 14 bis, do qual é fundador e integrante, e do Clube da Esquina, movimento que completa 50 anos em 2022 e que o músico também faz parte. Dentre as músicas que integram o set list do show estão “Caçador De Mim”, de Milton Nascimento, “Noites Com Sol”, de Flávio Venturini, “Todo Azul Do Mar”, de Flávio Venturini e Toninho Horta, “Sonhando o Futuro”, do 14 Bis, “Vale do Pavão”, do 14 Bis, “Mesmo de Brincadeira”, do 14 Bis, “Natura” /”Espanhola”, de- Flávio Venturini,” Linda Juventude”, do 14 Bis, “Para Lennon & McCartney”, de Milton Nascimento, “Bola de Meia Bola de Gude”, de- Milton Nascimento, e “Cravo e Canela”, de Milton Nascimento. 

“TeAto do Amanhã”

 A companhia artística “TeAto do Amanhã” completa cinco anos de criação e pesquisa na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e inicia as comemorações com novo trabalho: a 4ª edição da residência artística EmTranse no Centro de Referência da Juventude (rua Guaicurus, 50, Centro). Desenvolvendo diferentes trabalhos artísticos, o TeAto vem construindo sua trajetória na cena mineira a partir de dois eixos: formação e experimentação. É pensando no diálogo entre essas duas linhas, que o grupo abre sua temporada criativa em 2022. Depois de compartilhar por duas semanas seu processo de pesquisa na residência artística EmTranse, que chegou à 4ª edição, a mostra, a partir de hoje e amanhã, de 17h às 21, e na sexta-feira, de 14h às 21h, traz trabalhos de mais de 20 artistas, após intercâmbios artísticos com Efe Godoy, Gilmara Oliveira, Renato Negrão, Jonata Vieira e Lorrayne Antonielle, e Dýãnà Dýãnà (Hum Corpo). Toda a programação da mostra é gratuita e contará com a presença da mutiartista e performer Ana Luisa Santos.

Energias renováveis

A busca por soluções para a produção de energias renováveis rendeu a um mineiro, de apenas 29 anos, o prêmio de melhor tese do mundo. O doutor em engenharia elétrica pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Allan Fagner Cupertino, foi agraciado pelo Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE). Allan nasceu em Coimbra, na Zona da Mata, passou por escolas públicas e graduou-se na Universidade Federal de Viçosa (UFV). Ele é o convidado do Palavra Cruzada, da Rede Minas. O programa, comandado por Daniela Murad, ainda conta com a participação da jornalista Alessandra Ribeiro. O Palavra Cruzada vai ao ar hoje, às 20h, pela Rede Minas. O público também pode conferir a atração, nesse mesmo horário, no site da emissora: redeminas.tv.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!