DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2090

VENDA: R$5,2100

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1800

VENDA: R$5,3600

EURO

COMPRA: R$6,0756

VENDA: R$6,0768

OURO NY

U$1.813,62

OURO BM&F (g)

R$300,00 (g)

BOVESPA

-3,08

POUPANÇA

0,2446%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

DC Mais

Editais da Secult somam mais de R$ 7,5 milhões

COMPARTILHE

Crédito: Consuelo de Abreu

A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) disponibiliza, por meio de cinco editais já lançados neste ano, mais de R$ 7,5 milhões em premiações a projetos elaborados por pessoa física. As inscrições estão abertas e seguem até julho.

Fomentar a produção cultural e o desenvolvimento socioeconômico no Estado, além de valorizar a mineiridade, o patrimônio histórico material e imaterial e a paisagem cultural de Minas Gerais, como estabelecido no Plano Estadual de Cultura, são alguns dos objetivos dos certames.

PUBLICIDADE

De acordo com o secretário de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, com os editais, a Secult busca também estimular a descentralização dos recursos “para a promoção de Minas Gerais e para o apoio da produção em todo território do Estado, pois sabemos que, historicamente, mais de 90% da verba fica sempre nas mãos dos mesmos grupos, e somos 853 municípios e mais de 22 milhões de habitantes. É função da política pública, sobretudo do Fundo Estadual de Cultura, que os recursos possam, de forma estratégica, ser potencializadores da geração de emprego e renda, por meio de uma espécie de soft power da mineiridade, que permite resgatar e lançar luz a destinos turísticos e promover a cultura através do audiovisual, da cozinha mineira e de nossas festas populares”, destaca.

O estímulo à cadeia produtiva do setor audiovisual articulado com a promoção de Minas Gerais como destino turístico entra em cena com dois editais criados em parceria com a Empresa Mineira de Comunicação (EMC). “Produção de obra audiovisual de curta-metragem dos gêneros documentário e ficção” terá até 17 premiações, somando R$ 1.005.720,00, distribuídas em dois módulos: no Módulo 1, “Sabores de Minas”, serão contempladas produções documentais sobre a diversidade da Cozinha Mineira.

Os projetos selecionados farão parte do conteúdo seriado denominado Sabores de Minas, que será exibido em plataforma de streaming. Já o Módulo 2, Amor em Minas, vai premiar obras de ficção que relatem histórias afetivas filmadas em cidades de Minas Gerais, usando seus cenários como pano de fundo para as variações das narrativas. Os projetos contemplados farão parte do conteúdo seriado Amor em Minas, também utilizado em plataforma de streaming. As inscrições podem ser feitas até 11/7.

Já o edital“Produção de obra de audiovisual de curta-metragem do gênero animação” soma R$ 480.000,00 em 12 prêmios, com inscrições também abertas até 11/7. A iniciativa vai contemplar obras que tenham como inspiração as narrativas e os “causos” mineiros, em projetos que abordem a diversidade de histórias escritas ou orais, em forma de contos e lendas, que constituem a identidade e a formação histórica da cultura narrativa popular mineira.

Culinária – A singular e diversa tradição culinária de Minas Gerais é objeto do edital “Cozinha Mineira”, que contempla projetos culturais de concursos, mostras, festas, feiras e festivais no campo das culturas alimentares e da gastronomia mineiras. O objetivo é apoiar, promover, valorizar e difundir as diversas manifestações e expressões da cultura alimentar e da gastronomia em Minas Gerais por meio do fomento a eventos deste segmento. 

No valor total de R$ 1,5 milhão, ele irá atender até 30 projetos. O período de inscrição vai até 11 de julho.

Projetos culturais como concursos, mostras, feiras, mercados de cultura e/ou festas populares, incluindo as quadrilhas mineiras e manifestações carnavalescas, serão contemplados no edital “Festas Populares”.Serão disponibilizados R$ 2 milhões em premiações e as inscrições seguem abertas até 15 de julho. Um detalhe importante quanto ao escopo do edital: ele irá englobar projetos e atividades acima mencionados, exceto aqueles do campo das culturas alimentares e da gastronomia, que já estão contemplados especialmente no edital “Cozinha Mineira”.

Além destes editais temáticos, está com inscrições abertas o edital “Desperta Cultura”, direcionado à formação e qualificação dos profissionais da Cultura. Ele vai disponibilizar R$ 2.490.000,00 para ações de pesquisa e documentação, seminários, cursos, oficinas e workshops. As inscrições podem ser feitas até a próxima sexta-feira, e serão distribuídas até 385 bolsas/prêmios.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!