COTAÇÃO DE 23 A 25/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,6750

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

DC Mais
Crédito: Lucas Shirai

A FDC Longevidade vai lançar uma série de estudos sobre a economia prateada com dicas para estratégia de marketing de marcas. A versão completa do estudo inédito sobre os impactos da longevidade nos negócios será divulgada na próxima terça-feira, às 17 horas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo link bit.ly/fdclongevidadenegocios.

Para investigar quais são os desafios e as oportunidades da economia prateada, a Fundação Dom Cabral (FDC) tem desenvolvido uma série de estudos com o apoio técnico da Hype50+ e patrocínio da Unimed-BH. O segundo volume a ser lançado pelo projeto FDC Longevidade é o TrendBook Negócios. Este mapeamento está dividido em dimensões que abordam o dinheiro prateado; aponta para um mercado em ascensão; a inovação do mercado com a participação das startups; e os grandes tubarões, ou seja, as empresas que decidiram trabalhar neste segmento do mercado de maduros.

PUBLICIDADE

Um dos destaques do conteúdo analítico sobre como a economia da longevidade tem impactado mercados globais e brasileiro abarca dicas práticas para construir uma comunicação e marketing eficazes, capazes de falar a língua dos maduros – que, de acordo com a Harvard Business Review, deve movimentar US$ 15 trilhões no mundo, em 2020. No Brasil, o montante será de R$ 1,8 trilhão de reais.

Segundo Layla Vallias (foto), especialista em economia prateada, cofundadora da Hype50+ e Janno, coordenadora do estudo ‘Tsunami Prateado” (maior mapeamento brasileiro sobre longevidade),  a prática da inovação, empreendedorismo e pesquisa de tendências traz o desafio disseminar entre os gestores de grandes marcas, indústrias e governos dados que comprovam o quanto o envelhecimento da população apresenta oportunidades reais.

“A revolução que estamos vivendo nos obriga a revisitar conceitos, quebrar padrões e discutir tabus. Para os mais estratégicos, é nesse oceano azul da longevidade que reside as grandes oportunidades para o futuro”, afirma, acrescentando que as agências de propaganda e os gestores de marcas têm que criar times intergeracionais que pensem e criem campanhas para o público maduro. 

Publicidade – De acordo com Michelle Queiroz, professora-associada da FDC e coordenadora do FDC Longevidade, a publicidade tem um grande papel na construção da representação do público maduro. “O engajamento e a correta abordagem sobre o tema são fundamentais para uma compreensão mais adequada do assunto, considerando a sociedade de forma geral. As marcas já começam a se apropriar do conceito de longevidade que, inclusive, agrega a eles valor reputacional”, ressalta a professora.

Para o diretor-presidente da Unimed-BH, Samuel Flam, o setor de saúde precisa entender as necessidades desse público e se adaptar para atendê-lo. “Como as pessoas estão vivendo mais, elas precisam envelhecer com mais qualidade de vida; o nosso papel é apoiá-las para que entendam a importância do envelhecimento ativo, com autonomia e independência. Será cada vez mais importante, para os negócios de saúde, investir em ações de prevenção ao longo de todo o curso da vida, procurando alternativas para manter os idosos social e economicamente integrados, e independentes. A Unimed-BH vem acompanhando de perto as mudanças que estão ocorrendo na sociedade brasileira. Estamos atentos e desenvolvendo projetos e iniciativas que atinjam diretamente esse público, sempre com foco em oferecer a melhor qualidade assistencial e a inovação de forma contínua”, afirma Flam.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!