COTAÇÃO DE 23 A 25/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,6750

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

DC Mais

Lenine faz show amanhã na Capital

COMPARTILHE

Créditos: TOMAZ SILVA / ABr

Não é sem razão que Lenine se diz um cantautor: o artista que canta suas próprias composições, ou transforma em versos as questões, os amores e as sagas de seu tempo é um dos ídolos da música popular brasileira. Amanhã, às 21h, o cantor chega a Belo Horizonte com seu novo trabalho “Voz, Violão e Produção”. O show será em formato híbrido, e os ingressos presenciais estão disponíveis a R$ 60 (inteira) e R$ 40 (meia-entrada). Para assistir à transmissão, o valor é de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Para ambos os formatos, a compra pode ser feita pelo site ww.cinetheatrobrasil.com.br ou na bilheteria do teatro.

Dono de uma assinatura própria com seu violão multifônico e percussivo, o cantor se apresenta ao lado do produtor musical Bruno Giorgi que, direto da housemix, a mesa de som, transforma toda a experiência do palco em informação sentimental.

PUBLICIDADE

O novo trabalho de Lenine, nomeado “Voz, Violão e Produção”, é um encontro com o público durante um novo processo criativo do artista. Além de apresentar as canções clássicas, ele também apresenta composições recentes do projeto “Lenine Em Trânsito” e algumas surpresas da criação colaborativa na estrada.

Com uma carreira de 35 anos, Lenine acaba de ganhar o seu sexto Grammy Latino, na categoria rock alternativo. Caminhada de destino imprevisível, mas com pelo menos uma certeza: a de que estará fazendo música livre, sem adjetivos, no exercício constante de se aventurar a cada novo trabalho.

Iniciativa do Cine Theatro Brasil Vallourec, a Mostra Cine Brasil de Teatro e Música tem patrocínio do Instituto Unimed-BH, por meio do incentivo fiscal de médicos cooperados e colaboradores, e da Vallourec, ambos via Lei de Incentivo à Cultura. Apoio: Hermes Pardini.

O centro cultural está funcionando com a capacidade reduzida em até 50%, seguindo os protocolos estabelecidos pela Prefeitura de Belo Horizonte.

Formato híbrido – Com capacidade de público reduzida, a proposta do Cine Brasil é de que o público participe do show da forma que se sinta mais confortável e seguro – de casa, por meio da live, ou presencialmente no Cine Brasil, com toda a segurança que o reencontro exige. A equipe do centro cultural fará a medição de temperatura na chegada, disponibilizará totens com álcool em gel 70%, adequação na circulação pelos espaços do Cine e sinalização indicando distanciamento mínimo na fila pelos corredores de acesso ao Grande Theatro Unimed-BH.

Na parte interna do teatro separação dos assentos, com cadeiras interditadas, permitirão que apenas duas pessoas, que estiverem juntas, se sentem ao lado uma da outra. Artistas e técnicos serão testados, em parceria com o laboratório Hermes Pardini, antes do evento.

No formato digital, o show será transmitido pela plataforma Eventim: ao comprar o direito ao acesso digital, cada pessoa receberá um passe com um link de entrada diferente. Importante destacar que cada acesso digital dá direito a apenas um link válido. Caso alguém faça a entrada em mais de um dispositivo, o link válido será o do último dispositivo acessado. 

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!