COTAÇÃO DE 24/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3430

VENDA: R$5,3440

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3800

VENDA: R$5,5030

EURO

COMPRA: R$6,2581

VENDA: R$6,2594

OURO NY

U$1.750,87

OURO BM&F (g)

R$301,00 (g)

BOVESPA

-0,69

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

DC Mais

Museu do Oratório é reaberto

COMPARTILHE

Crédito: EDUARDO TROPIA

O Instituto Cultural Flávio Gutierrez reabriu o Museu do Oratório, em Ouro Preto, e do Museu de Sant’Ana, em Tiradentes. Os espaços ficaram fechados devido à pandemia da Covid 19 e, agora, passam a receber os visitantes, seguindo as diretrizes e orientações de segurança e saúde. 

“As equipes dos museus estão preparadas para atender presencialmente aos visitantes de forma segura para ambas as partes. Para nós, é uma alegria receber novamente o público, apresentando nosso rico acervo. A abertura dos museus, com parcimônia, é importante para fortalecer a cultura e como opção de entretenimento e conhecimento para as pessoas, neste momento de pandemia”, afirma a presidente do Instituto Cultural Flávio Gutierrez, Angela Gutierrez.

PUBLICIDADE

O Museu do Oratório (foto) foi inaugurado em 1998 em Ouro Preto, no prédio setecentista pertencente à Venerável Ordem Terceira do Carmo, que foi totalmente restaurado e adequado para abrigar o museu. Apresenta uma coleção de 162 oratórios e 300 imagens dos séculos XVII ao XX. As peças do acervo foram doadas ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) pela colecionadora Angela Gutierrez e são genuinamente brasileiras, principalmente de Minas Gerais.

 O Museu do Oratório funciona de quarta-feira a segunda-feira (fechado às terças para manutenção), de 9h às 12h e de 13h30 às 17h. Os ingressos custam R$ 5,00 (inteira) e R$ 2,50 (meia-entrada) para pessoas acima de 60 anos, com pagamento somente em dinheiro (temporariamente). A entrada é gratuita para professores, estudantes, guias de turismo e moradores de Ouro Preto devidamente identificados. O endereço é Adro da Igreja do Carmo, 28, Ouro Preto.

Tiradentes – Instalado na antiga Cadeia Pública de Tiradentes, o Museu de Sant’Ana abriga 291 imagens de Sant’Ana, a santa protetora dos lares e da família, bem como dos mineradores. São obras brasileiras, de várias regiões do país, eruditas e populares, dos mais variados estilos e técnicas, produzidas em sua maioria por artistas anônimos, entre os séculos XVII e XIX, em materiais diversos. Reunidas por Angela Gutierrez ao longo de quatro décadas de buscas e pesquisas, as peças constituem um acervo sem similar no país, agora compartilhado com todos. Doada ao patrimônio público e sob a gestão do Instituto Cultural Flávio Gutierrez, a coleção impressiona pela beleza, originalidade e relevância.

O Museu de Sant’Ana adotou protocolo de acesso, que prevê, dentro outras ações: o visitante deve aguardar atendimento dentro das faixas de distanciamento  na entrada. O museu funciona de quarta a segunda das 10h às 18h (domingo até 16h), com encerramento da bilheteria meia hora antes. Os ingressos custam: R$ 5,00 (inteira) e R$ 2,50 (meia). Professores, estudantes, guias de turismo e moradores da cidade tem gratuidade mediante apresentação de comprovante. O endereço é rua Direita, 93, entrada pela rua da Cadeia.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!