COTAÇÃO DE 18/06/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,0680

VENDA: R$5,0690

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,0370

VENDA: R$5,2330

EURO

COMPRA: R$5,9716

VENDA: R$5,9733

OURO NY

U$1.764,31

OURO BM&F (g)

R$286,98 (g)

BOVESPA

+0,27

POUPANÇA

0,2446%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

DC Mais
Crédito: Divulgação

Depois do sucesso de Zeca Baleiro na “Mostra de Teatro e Música”, quem marca a retomada do público aos shows — e o início dos eventos híbridos — no Cine Theatro Brasil Vallourec é Roberta Sá. Seguindo os protocolos de retomada definidos pela Prefeitura de Belo Horizonte (pbh), 50% das cadeiras do teatro será vendida para o público presencial e também haverá venda de ingressos para a transmissão ao vivo da sessão.

Após revisitar todo o repertório gravado nos 15 anos de carreira em oito lives durante a quarentena, Roberta Sá voltou a ensaiar por conta de um convite para participar virtualmente da Semana da Língua Portuguesa de Macau (China). Cercada de todos os protocolos sanitários, a cantora preparou ‘Pra Nunca Se Acabar’, registro audiovisual que está disponível em seu canal de YouTube. O especial deu origem ao show que será apresentado amanhã, às 21 horas, na Mostra de Teatro e Música do Cine Theatro Brasil Vallourec, em Belo Horizonte.

PUBLICIDADE

Criada em conjunto com as instrumentistas Samara Líbano (violão de sete cordas), Aline Gonçalves (flauta e clarinete) e Geiza Carvalho (percussão), a apresentação tem no repertório alguns clássicos e composições autorais de Roberta, como ‘Janeiros’ (parceria com Pedro Luís), ‘Xote da Modernidade’ e ‘Fogo de Palha’, duas parcerias com Gilberto Gil presentes em ‘Giro’ (2019), seu último álbum. A presença feminina se estende por todo o roteiro, que inclui canções de Dona Ivone Lara, Zélia Duncan e Adriana Calcanhotto.

‘Nada é mais poderoso do que os espaços que nós, mulheres, ocupamos quando estamos juntas. Quando trocamos nossas experiências e apontamos caminhos umas para as outras, como é o caso das instrumentistas que dividem este show comigo. O violão da Samara carrega sensibilidade, generosidade e força, enquanto a Aline tem um som potente e melodioso na flauta e a percussão de Geiza traz desde a ancestralidade do tambor até a influência europeia do vibrafone’, reflete Roberta.

A cantora aproveita esta volta ao palco para celebrar valores e reativar a esperança em um mundo pandêmico.´O que devemos extinguir do mundo para que ele renasça, o que queremos que permaneça? Encontro na música brasileira muitos desses elementos, como a diversidade, a tolerância, o respeito e um mar de possibilidades que podemos plantar de bom no mundo’, analisa.

Reinvenção – Se por um lado o reencontro com a plateia é uma expectativa, o olho no olho com artistas já é realidade desde abril, quando o Cine Theatro Brasil Vallourec inovou e passou a transmitir espetáculos teatrais e musicais por meio de lives. A iniciativa pioneira no País teve início com a série “Live para rir”, com a proposta de levar diversão e alegria para as famílias em casa. O ator Carlos Nunes abriu a série com a peça “Pérolas do Tejo” e, desde então, já foram realizadas 13 lives teatrais, sete lives sobre cinema e 11 apresentações musicais, todas com artistas mineiros. As transmissões totalizaram o impressionante número de 290 mil visualizações, o que corresponde a 290 espetáculos de casa cheia no Grande Teatro.

A proposta é que cada pessoa participe do show da forma que se sinta mais confortável e segura – de casa, por meio da live, ou diretamente no espaço, com toda a segurança que o reencontro exige. Sinalização indicando distanciamento mínimo, medição de temperatura na chegada à bilheteria, disponibilidade de álcool em gel 70% em locais de fácil acesso e adequação na circulação dos espaços são algumas das ações implementadas.

O procedimento de poltronas interditadas de forma escalonada na plateia, para respeitar o distanciamento de segurança, será mantido, com exceção para grupos de até quatro pessoas que tenham adquirido de forma conjunta seus ingressos (um mesmo comprador adquire os ingressos de uma só vez). Apenas nessa possibilidade as pessoas poderão utilizar assentos sem distanciamento.

No formato digital, o show será transmitido pela plataforma Eventim. Ao comprar o direito ao acesso digital, cada pessoa receberá um passe, com um link de entrada diferente – é como se cada link fosse um ingresso. Assim, cada acesso digital dá direito a apenas um link válido. Caso alguém faça a entrada em mais de um dispositivo, o link válido será o do último dispositivo acessado.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!