COTAÇÃO DE 21-01-2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,4550

VENDA: R$5,4550

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,4870

VENDA: R$5,6130

EURO

COMPRA: R$6,1717

VENDA: R$6,1729

OURO NY

U$1.829,52

OURO BM&F (g)

R$320,53 (g)

BOVESPA

-0,15

POUPANÇA

0,6107%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

ODS
" "

PUBLICIDADE




clicou aqui para ter uma visão geral sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável?

Então vamos agora nos aprofundar no ODS 6. Água potável e Saneamento

Segundo o site Agenda 2030, a água está no centro do desenvolvimento sustentável e das suas três dimensões – ambiental, econômica e social. Os recursos hídricos, bem como os serviços a eles associados, sustentam os esforços de erradicação da pobreza, de crescimento econômico e da sustentabilidade ambiental. O acesso à água e ao saneamento importa para todos os aspectos da dignidade humana: da segurança alimentar e energética à saúde humana e ambiental. 

Chega a ser espantoso saber que a meta número 1 de um dos objetivos do desenvolvimento sustentável seja “Até 2030, alcançar o acesso universal e equitativo à água para consumo humano, segura e acessível para todas e todos”, afinal, quantas vezes por dia – ou  na sua vida – você parou para se perguntar como fazem as pessoas que não tem água limpa para beber ou uma pia para lavar as mãos?

ODS6 - Água potável e saneamento - Não Desperdício



Existem exemplos bem sucedidos de negócios que investiram em impacto social neste ODS. A ideia inovadora Carborroz, do Rio Grande do Sul, por exemplo, transforma resíduo da queima da casca do arroz em carvão ativado de baixo custo para tratamento de água e esgoto. O projeto foi um dos dez vencedores do edital da Iniciativa Incluir 2017.

Fazer uso racional e sustentável de água dentro da sua empresa ou da sua própria casa, também já é uma grande ajuda para conquistar esse objetivo número seis que ainda prevê:

  • Alcançar o acesso a saneamento e higiene adequados e equitativos para todos, e acabar com a defecação a céu aberto, com especial atenção para as necessidades das mulheres e meninas e daqueles em situação de vulnerabilidade;
  • Melhorar a qualidade da água, reduzindo a poluição, eliminando despejo e minimizando a liberação de produtos químicos e materiais perigosos, reduzindo à metade a proporção de águas residuais não tratadas, e aumentando substancialmente a reciclagem e reutilização segura globalmente;
  • Aumentar substancialmente a eficiência do uso da água em todos os setores e assegurar retiradas sustentáveis e o abastecimento de água doce para enfrentar a escassez de água, e reduzir substancialmente o número de pessoas que sofrem com a escassez de água;
  • Implementar a gestão integrada dos recursos hídricos em todos os níveis, inclusive via cooperação transfronteiriça, conforme apropriado;
  • Proteger e restaurar ecossistemas relacionados com a água, incluindo montanhas, florestas, zonas úmidas, rios, aquíferos e lagos;
  • Ampliar a cooperação internacional e o apoio ao desenvolvimento de capacidades para os países em desenvolvimento em atividades e programas relacionados a água e ao saneamento, incluindo a coleta de água, a dessalinização, a eficiência no uso da água, o tratamento de efluentes, a reciclagem e as tecnologias de reuso;
  • Apoiar e fortalecer a participação das comunidades locais, para melhorar a gestão da água e do saneamento.
Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!