COTAÇÃO DE 05/03/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6825

VENDA: R$5,6835

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6670

VENDA: R$5,8430

EURO

COMPRA: R$6,7719

VENDA: R$6,7732

OURO NY

U$1.698,69

OURO BM&F (g)

R$310,22 (g)

BOVESPA

+2,23

POUPANÇA

0,1159%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Especial SME Inovação

SME lança programa de imersão para engenheiros no Vale do Silício

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Crédito: Divulgação/SME
Crédito: Divulgação/SME

Alinhar a engenharia mineira ao que de mais moderno está sendo produzido no mundo em matéria de inovação e novas tecnologias. Este é o objetivo do programa de imersão que a Sociedade Mineira de Engenheiros (SME) está lançando e que levará uma turma de profissionais da engenharia ao Vale do Silício, nos Estados Unidos, em julho próximo.

O Vale do Silício, localizado na parte sul da região da baía de São Francisco, na Califórnia (EUA), abriga muitas startups e empresas globais de tecnologia. Apple, Facebook e Google são algumas das mais conhecidas. Na região, também estão várias instituições com foco em tecnologia, estabelecidas próximas à Stanford University.

PUBLICIDADE

O programa de imersão da SME, fruto de parceria firmada entre a instituição e a Silicon Valley Brasil, terá duração de oito dias, período durante o qual os participantes conhecerão a Plug and Play, a maior incubadora do Vale do Silício, participarão de pitch de startups de engenharia e agrotecnologia, além de quatro workshops, com executivos do Google, WhatsApp e professor da Stanford University. Da programação constam, também, debate com representantes do Facebook, sobre tecnologia 5G, e visita às instalações da Tesla Motors, onde os participantes poderão dirigir um veículo elétrico produzido pela montadora americana.

Modernização – De acordo com a presidente da SME, Virgínia Campos, a iniciativa faz parte da estratégia da instituição de fortalecer as engenharias e, ao mesmo tempo, modernizar a SME, incorporando à sua atuação ações voltadas ao empreendedorismo, à tecnologia, e à sustentabilidade, a serem oferecidas na forma de treinamento não convencional, como o que está sendo oferecido pela imersão no Vale do Silício. 

O objetivo, segundo ela, é que a SME crie espaços para o desenvolvimento e aceleração de novas ideias, tanto dos associados mais jovens, que buscam capacitação para o mercado de trabalho, quando dos associados mais experientes, que estão em busca de vivenciar a modernidade e ampliar o seu networking.

A ideia, segundo o presidente do Comitê de Inovação da SME, Stéfano Angioletti, é promover experiências como a da imersão no Vale do Silício, pelo menos uma vez por ano. Sua expectativa é de que o programa consiga abrir novas perspectivas para os profissionais participantes que, como ele ressalta, necessariamente não precisam ser jovens para apostarem na inovação. “As pessoas têm que se renovar. Para isso, é preciso fazer coisas novas. Mesmo o profissional que já tem décadas de experiência precisa se renovar de modo a atuar com novas habilidades”, afirmou Stéfano Angioletti.

Parceria – A operação da imersão será feita pela Silicon Valley Brasil, uma empresa brasileira que já levou mais de 400 profissionais para a experiência semelhante à que será oferecida pela SME. A empresa foi fundada em 2016 pelo designer João Roberto de Azambuja Júnior, que naquele ano, resolveu abandonar o que fazia para se dedicar integralmente ao empreendimento que, inicialmente, levou à Califórnia um grupo de cinco pessoas. 

Os resultados não demoraram a aparecer. Em 2019, a empresa faturou R$ 2,5 milhões. Em 2020, os negócios sofreram uma queda, mas alcançaram faturamento de R$ 1,5 milhão, que, tendo em vista o cenário adverso criado pela pandemia, ele considera satisfatório.

João Roberto de Azambuja Júnior espera que o programa desenvolvido para a SME abra os horizontes dos participantes de tal forma que, após vivenciarem a cultura do Vale do Silício e terem acesso a ferramentas de inovação, sintam-se mais encorajados a investir em seu próprio negócio ao retornarem. “Esse é o nosso diferencial”, ressalta o diretor da Silicon Valley Brasil. Ele acredita que após retornarem, os participantes da imersão estarão muito mais capacitados a inovar e empreender. Ao mesmo tempo, estarão mais conscientes da revolução tecnológica que está por vir. (Conteúdo produzido pela SME)

Abes chama startups para melhorar gestão de resíduos sólidos

A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) está buscando nas startups soluções inovadoras para a gestão, tratamento e destinação de resíduos sólidos. As inscrições para o Desafio do Saneamento com Foco em Resíduos Sólidos estão abertas até o dia 15 de fevereiro. A iniciativa faz parte do 14° Seminário Nacional de Resíduos Sólidos|1º Painel Internacional de Resíduos Sólidos, que acontecerá de forma on-line, entre os das 16 e 18 de março. O evento é uma promoção da Abes. 

Após a inscrição, os melhores projetos serão apresentados no pitch day para uma comissão julgadora, via plataforma digital, quando o júri avaliará critérios como potencial de escala, empreendedorismo, potencial de inovação e maturidade da proposta desenvolvida. Os vencedores receberão instruções de profissionais seniores da Abes para que possam acelerar ainda mais seus negócios, além da possibilidade de financiamento e aporte de capital por parte de apoiadores da iniciativa.

Logística reversa – Para a engenheira Flávia Mourão, coordenadora da Câmara Temática de Resíduos Sólidos da Abes-MG, as startups poderão contribuir para a solução de problemas crônicos da área de resíduos, como a não implementação da logística reversa por diversos segmentos da indústria, que transferem esse ônus para o poder público. Ela aponta, ainda, a destinação final dos resíduos de saúde, cuja única solução até agora tem sido, como ressalta Flávia Mourão, a incineração. 

“Há um universo de soluções que precisam ser criadas, que sejam repetitivas e possam gerar ganho econômico”, afirma a coordenadora da Câmara Temática de Resíduos Sólidos da Abes-MG. Para ela, por meio da inovação, as startups podem dar uma grande contribuição à melhor gestão dos resíduos sólidos no Brasil.

Edital de desafio: https://snrs.com.br/pitch-day-startups/

Site do 14º Seminário Nacional de Resíduos Sólidos: https://snrs.com.br/

Porque fui ao Vale do Silício

“Acredito que todos estamos trabalhando muito e com bastante pressão por entrega. Esse cenário nos faz trabalhar de cabeça baixa, com pouco ou nenhum tempo para buscar outra forma de fazer ou até outro produto para entregar. Seguimos aplicando o mesmo tool kit por anos. Ir ao Vale do Silício é beber água direto na fonte! É se permitir um olhar de cima, de fora. Não haverá uma mudança drástica e imediata na sua rotina, mas abrirá canais para que você se permita voltar a pesquisar, desaprender e reaprender e conhecer gente que vale muito a pena. Comigo funcionou assim. Voltei com um vocabulário que desconhecia. Encontrei pessoas bem mais novas e bem mais velhas, cronologicamente, mas todas curiosas como adolescentes. Descobri que há alguns cursos que posso fazer e agregar novos skills ao meu currículo. Fui como Gerente de Inteligência de Compras e em seis meses era Gerente de Transformação Digital. Claro que não foi a viagem que me habilitou para tal, mas me inspirou a buscar uma compreensão melhor das necessidades atuais na empresa. Recomendo fortemente essa experiência.” (Maria Thereza Ortiz, gerente de Parcerias Estratégicas da Cosdrivers)

O que é o programa Imersão no Vale do Silício, Califórnia (EUA)

• Duração: oito dias, entre 3 e 10 de julho de 2021

• Objetivo: Possibilitar a oportunidade de conhecer a cultura local; buscar fontes de investimento e programas de aceleração; e criar vínculos e parcerias comerciais com empresas que atuam em seu segmento de mercado e são referências mundiais.

• Valor: US$ 3,6 mil mais impostos

• Mais informações: www.siliconvalley.com.br, euvou@siliconvalley.com.br e WhatsApp: (41) 99237-2016

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!

FIQUE POR DENTRO DE TUDO !

Não saia antes de se cadastrar e receber nosso conteúdo por e-mail diariamente