Crédito: Pixabay

Deivison Peroza*

Toda vez que tenho um tempo livre, eu olho o LinkedIn. Dia desses vi a publicação de uma pessoa, que não é minha conexão, falando sobre sucesso e dois itens me chamaram a atenção e me fizeram refletir o quanto o significado da palavra sucesso pode ser diferente para cada um. O primeiro, era que sua visão sobre felicidade era bem diferente da minha. O segundo ponto eram os comentários feitos, todos sensacionais.

A forma como interpretamos o significado da palavra sucesso faz total diferença em nossas vidas e reflete no nosso meio ambiente, determinando, até mesmo, o legado que deixamos. Sou um estudioso e escrevo muito sobre o tema, tanto que tenho um livro chamado “Sobre Bicicletas e Sucesso”, no qual conto minha trajetória em busca do que acredito ser sucesso.

Vale lembrar que não existe certo ou errado sobre o significado de sucesso ou sobre qualquer assunto. Existem apenas opiniões e consequências diferentes. Sabemos o que é melhor para nós e onde queremos chegar para sermos bem-sucedidos. Por isso, quase sempre o sucesso está relacionado ao tema trabalho. Mas em busca do sucesso não somos capazes de impor limites e é aí que caímos em armadilhas difíceis de escapar.

O mundo vive uma crise de ansiedade e as pessoas precisam respeitar mais o seu bem-estar. Caso contrário, acabarão sendo vítimas de uma Síndrome de Burnout, de pânico ou de uma depressão. E de que isso vai adiantar? O único prejudicado em toda essa história será você.

Vale a pena se matar pelo trabalho? Caso algo de ruim aconteça com você, outra pessoa pode substitui-lo. Pode não ter a mesma qualidade ou competência. Mas o mundo não vai acabar porque você não está mais nele.

É cada vez mais comum pessoas romantizarem o exagero no trabalho, como se isso as fizessem gerar melhores resultados. Para mim não. O segredo sempre vai estar na eficiência. Não adianta trabalhar 18 horas por dia se outra pessoa trabalhando 6 horas consegue ter mais resultados por estar descansada e mais equilibrada.

Aliás, em todo o mundo cada vez mais são valorizadas pessoas saudáveis e equilibradas, assim como ambientes de trabalhos flexíveis e humanos. Temos tecnologias sendo desenvolvidas, como inteligência artificial, robôs e metodologias ágeis, para tornar o trabalho mais produtivo e menos cansativo. Por que não tirar proveito de tudo isso?

Também existem aqueles que consideram que sucesso é estar em um lugar que respeite você como profissional e como pessoa, respeite sua vida fora do ambiente de trabalho. E que pague bem por isso, pelo seu talento, pela sua competência, e pelos seus resultados gerados para toda a organização.

Ou ainda sucesso é saber valorizar o seu tempo, equilibrando produtividade no trabalho, sem abrir mão da saúde e da vida pessoal. É colocar a família em primeiro lugar, especialmente os filhos, porque se a família não estiver em primeiro lugar, no futuro nenhuma meta alcançada fará sentido.

Não há uma fórmula pronta para o sucesso. O caminho de cada um é diferente e as pedras carregadas também são diferentes. Por isso, cada um deve construir e trilhar o seu próprio caminho, sabendo que ao final irá colher todos os bônus e ônus.

Guardo comigo algumas dicas que Bill Gates deu a uma pessoa que lhe perguntou no “Ask me Anything”, promovido pelo Reddit, “Depois de todos esses anos, o que te faz feliz?”. E ele prontamente respondeu:

Manter-se fiel a seus compromissos, seja nos negócios ou nas metas pessoais.
Doe generosamente, não importa a sua riqueza. Até porque você pode doar seu tempo e isso não tem preço.
Dê a seu corpo o respeito que ele merece.
Passe mais tempo com a sua família.

Independentemente do que você julga ser bem-sucedida, seguindo estas dicas você com certeza será uma pessoa mais feliz. Para mim, felicidade está intimamente ligada à ideia de sucesso.

Por fim, quero deixar algumas perguntas para você refletir:

Qual o legado que você quer deixar para os seus filhos e para o mundo?
Hoje, o caminho que você está trilhando, está te levando para onde?
Você se orgulha da sua jornada?
E afinal, o que é o sucesso para você?

*Empresário (CEO do Grupo Verde Ghaia), empreendedor, youtuber, escritor, palestrante e uma pessoa apaixonada por inovação