Lojistas da Capital preveem vendas maiores nos próximos dias
Crédito: Divulgação

O Carnaval da Capital – que este ano, segundo estimativas da Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur), deverá receber 5 milhões de foliões nas ruas entre 8 de fevereiro e 1º de março -, já ganhou destaque no calendário dos comerciantes.

De acordo com pesquisa “Expectativas para o Carnaval 2020”, realizada pela Federação do Comércio de Minas Gerais (Fecomércio-MG), 51,2% dos entrevistados esperam vender mais do que em 2019 e 34,1% esperam vender o mesmo. Apenas 14,6% estimam vender menos que no ano passado.

Segundo a analista de pesquisa da Fecomércio-MG, Letícia Marrara, assim como outras datas importantes, como Dias das Mães ou Dia dos Namorados, o Carnaval já faz parte do planejamento anual dos comerciantes. Nessa pesquisa, 72% disseram já estar com os estoques preparados e já ter recebido todas as encomendas para o período.

“Os comerciantes já entenderam que o Carnaval é uma grande oportunidade para muitos segmentos e estão se preparando cada vez mais cedo e melhor. Essa preparação exige, inclusive, ações específicas como mudança no horário de atendimento e vitrines especialmente enfeitadas”, explica Letícia Marrara.

Entre as empresas que irão funcionar neste Carnaval, 68,6% planejam realizar algum investimento para a data. Dessas ações, destacam-se: o aumento do estoque dos produtos do comércio (49,6%) e o treinamento de funcionários (32,8%).

Para estimular as vendas durante o Carnaval, outras ações como mudar o horário de funcionamento da loja (19,7%), preços promocionais e uso de propaganda (10,9%) e visibilidade da loja (10,2%) deverão ser realizadas no período.

Assim, 66,7% dos entrevistados acreditam que o período será positivo para as cadeias de comércio, serviços e turismo. O maior número de turistas na cidade (66,7%) e o crescente movimento nos estabelecimentos (16,7%) são alguns dos motivos de otimismo apontados pelos empresários, que esperam um volume de vendas superior ao registrado em 2019.

Durante o período de Carnaval deste ano, 48,9% das empresas do comércio varejista entrevistadas estarão em funcionamento. Em 2019, esse percentual foi de 52,9%. Entre os que funcionarão durante as festividades, 69,9% irão abrir todos os dias. O cartão (64,5%) – de crédito ou débito – como principal meio de pagamento escolhido segue a tendência do varejo em geral acrescido pela segurança em dias de grandes multidões pela cidade.

“Não houve nenhuma grande surpresa nesses números. Algum pessimismo que possa aparecer está ligado ao grande volume de chuvas desse verão, mas isso não parece impactar significativamente o ânimo de foliões e comerciantes”, completa a analista de pesquisa da Fecomércio-MG.