Empresa mineira pretende ampliar sua presença física não apenas na Capital, mas em todo o Estado, por meio de revendas de mobiliário - Crédito: Divulgação

Fundada em 2015, a Miúda Mobília, sediada em Belo Horizonte, acaba de ganhar uma loja física, também na capital mineira.

Com investimentos da ordem de R$ 7 mil para adaptação ao imóvel de dois pavimentos de 35 metros quadrados, no bairro Funcionários, região Centro-Sul da cidade, as empreendedoras e sócias Andrea Dutra e Joana Dourado apostam nas vendas físicas para dobrar o faturamento da marca em 2020.

As informações são de Joana Dourado. Segundo ela, já em 2019, por meio das vendas efetuadas no e-commerce da própria empresa, marketplaces e revendas no Rio de Janeiro, a Miúda apurou crescimento de 150% no faturamento. O melhor cenário econômico, conforme a empresária, também foi fundamental para o desempenho.

“O ano passado foi um período de crescimento. Fizemos alguns investimentos, tanto na loja física quanto em mostras e exposições em outros estados e países, de maneira a apresentar nossos produtos em diferentes mercados. Atribuímos a performance tanto às ações implementadas e ao percurso que a empresa vem traçando nos últimos anos quanto à melhora da economia”, explicou.

Para este ano, a expectativa em dobrar o faturamento continua ancorada na estruturação da empresa e na maturidade do negócio, bem como no crescimento ainda mais consistente da economia brasileira. “Vamos colher os frutos do que plantamos em 2019 e nos anos anteriores”, sugeriu.

Para além do desempenho das receitas, outro objetivo da Miúda Mobília em 2020, conforme a empresária, diz respeito à consolidação da marca como referência de design e decoração infantil em Belo Horizonte. Para isso, deverá ampliar sua presença física não apenas na Capital, mas em todo o Estado, por meio da revenda dos produtos por outras lojas de mobiliário.

Já a loja própria conta não apenas com os projetos chancelados pela marca, mas também roupas e acessórios que fazem toda a diferença na hora de decorar ambientes infantis. O espaço foi criado justamente para ampliar a representatividade do mercado mineiro nos negócios da empresa. Conforme Joana Dourado, São Paulo representa hoje o maior mercado da marca. Logo em seguida vem Minas Gerais.

Atemporal – A Miúda Mobília desenvolve produtos atemporais, pensados para acompanhar o crescimento da criança e permanecer por mais tempo na casa, fazendo parte da história da família. Os produtos são projetados e desenhados pelas sócias e a fabricação é terceirizada por fornecedores de Santa Catarina e Rio Grande do Sul e entregues para todo o Brasil.

“Criamos produtos que precisam atender uma função prática, além do cuidado em si com as crianças. Quando a minha filha Helena nasceu, em 2014, desenhei uma cômoda para o seu quarto. Como o móvel ‘fez sucesso’ e havia uma carência no mercado por móveis infantis que saíssem um pouco do padrão, tive a ideia de criar a Miúda e convidei a Andrea”, contou Joana.