Paranaíba abrirá quatro lojas na RMBH
Com 19 unidades, a rede supermercadista Paranaíba busca expansão - Crédito: Divulgação

A rede de supermercados Paranaíba, com sede na capital mineira, aposta na ampliação e modernização das lojas para atender a crescente demanda do consumidor. Dos 19 pontos de vendas da marca, três passaram por obras no ano passado e outros três serão contemplados neste exercício. Além disso, a meta é encerrar 2020 com mais quatro lojas, totalizando 23 na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

As informações são do diretor comercial, Victor de Morais Campos, que não revelou o montante a ser investido pelo grupo por questões estratégicas. Segundo ele, a empresa, fundada em 1983 por Sebastião Barbosa, foi, aos poucos, ganhando novos sócios e hoje pertence a um grupo familiar com diferentes investidores. Das 19 lojas, três não fazem parte das compras e operações da rede.

“De maneira geral, a atuação é conjunta, o que fortalece os negócios e permite com que o crescimento ocorra de forma orgânica. Entre os diferenciais, proximidade com a clientela, negociação direta com fornecedores e um mix de produtos de marca própria”, destacou.

Entre os itens comercializados com a bandeira do supermercado há produtos de limpeza, pão de queijo congelado e alimentos não perecíveis como farinha de trigo, de milho e feijão. Ao todo, são cerca de 20 produtos. E a expectativa é de que mais oito sejam lançados em 2020.

“São lojas e produtos de tradição, que permitem uma relação de confiança entre os proprietários e a clientela. Isso nos coloca em posição favorável em relação a redes maiores que lidam também com a impessoalidade”, disse.

Prova disso, conforme ele, foi o desempenho alcançado pela rede em 2019, acima da média do setor. O avanço dos negócios foi de 12% em relação ao ano anterior. Já para este exercício, as expectativas são ainda maiores.

“O País está mais estabilizado e a economia vai crescer mais. As pessoas estão mais confiantes e as medidas tomadas pelo governo estão agradando. Assim, o ano também deverá ser melhor para nossos negócios”, apostou, sem, no entanto, relevar quantos por cento a rede deverá crescer.

Tamanho o otimismo, que o grupo já pensa em ampliar também o centro de distribuição (CD), localizado em Vespasiano, na RMBH. Para isso, um terreno de 10 mil metros quadrados já foi adquirido pela rede nas proximidades do empreendimento, que conta hoje com aproximadamente 1,6 mil metros quadrados. No entanto, segundo Campos, ainda não é possível dizer quando o investimento sairá do papel.

Sobre as novas lojas, o diretor contou que dentro de dois meses a unidade de Jardim Itaú de Vespasiano será reinaugurada. O ponto passou por ampliação e reestruturação, saltando de 800 para 1.300 metros quadrados de salão. O investimento integra a política de expansão dos negócios da rede, por meio da ampliação das lojas já existentes.

Além disso, Lagoa Santa (RMBH) vai ganhar a terceira loja em oito meses. Neste caso, serão 1.600 metros quadrados de salão, estacionamento para cerca de 100 veículos, 10 check outs e 70 empregos diretos.