Crédito: Site DroneShow

A indústria 4.0 tem atraído a atenção de profissionais e especialistas em função do potencial de crescimento global. Com 73 mil drones cadastrados na ANAC até junho de 2019 e mais 64 mil pessoas cadastradas na agência, somente 36% dos equipamentos e 3.864 pessoas estão envolvidas com o uso profissional dos drones, o que confirma o espaço para incremento da tecnologia.

A Interact Analysis reporta que daqui a três anos serão vendidos mais de 620 mil drones comerciais. O volume projetado é confirmado pela pesquisa da Singularity University, corporação do Vale do Silício que se concentra no progresso científico e nas tecnologias exponenciais, que revela um total diário de 10 milhões de voos diários com drones no mundo em cinco anos.

Atualmente, a previsão é de que 100 mil drones voem diariamente no mundo.

Com esse cenário na mira, os eventos DroneShow e MundoGEO Connect Plus trazem ao debate o uso das geotecnologias e drones no contexto indústria 4.0 e seus desdobramentos em diversos setores econômicos no Brasil e no mundo, como o mapeamento de queimadas, agricultura, inspeções de obras e cidades inteligentes (smart cities).

De acordo com Emerson Granemann, CEO da MundoGEO e idealizador dos eventos que serão realizados de 5 a 7 de novembro no Hotel Meliá Ibirapuera, em São Paulo, há projeções de que as geotecnologias envolvendo os sistemas de posicionamento por satélite, os diversos satélites, nano satélites e aviões de monitoramento permanente, as plataformas de coleta e análise de dados e a prestação de serviços gerem mais de R$ 1bi em faturamento já para 2019.

Para o executivo, os números recém lançados no Brasil e no mundo apontam mais desafios a discutir e superar nesse mercado.

“Faz parte da nossa agenda positiva a discussão de aprovação de projetos de aeronaves, certificações dos pilotos e voos em áreas urbanas para viabilizar a evolução dos negócios e as aplicações multisetoriais das geotecnologias e dos drones”, afirma.

Fórum Empresarial de Drones

O 8º Fórum Empresarial de Drones faz parte da programação da DroneShow e MundoGeo Connect Plus e visa proporcionar um ambiente ideal para a geração de novos negócios pela ampliação do networking. Além do debate das mudanças necessárias na regulamentação dos drones no Brasil provocadas pelos avanços tecnológicos e pelas novas demandas da sociedade.

O Fórum também apresenta os principais desafios resultados práticos na prestação de serviços com drones para os setores agrícola, florestal, meio ambiente, inspeções, mapeamento, topografia, mineração, energia, óleo e gás. Entre os destaques estão os painéis: Desafios tecnológicos e resultados reais usando drones que debaterá nos setores de Aerolevantamentos e Cadastro, Agricultura e Florestal, Recursos Naturais e Meio Ambiente, Construção Civil e Inspeções de Estruturas; Novidades da ANAC, DECEA e Ministério da Defesa na regulamentação do setor Coronel; Principais reivindicações dos empresários do setor para ajustes na regulamentação do setor e;  A tecnologia, a segurança pública e a justiça para coibir as operações.