COTAÇÃO DE 17/01/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5260

VENDA: R$5,5270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5470

VENDA: R$5,6800

EURO

COMPRA: R$6,2770

VENDA: R$6,2799

OURO NY

U$1.819,25

OURO BM&F (g)

R$321,94 (g)

BOVESPA

-0,52

POUPANÇA

0,5751%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Inovação

Startup de BH é aprovada em programa da Associação Comercial de São Paulo

COMPARTILHE

" "
Crédito: Divulgação/Ac boost

Com mais de duas centenas de inscrições na fase inicial, o programa Ac boost, criado pelo Conselho de Inovação (Conin) da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), comemora a importante marca alcançada em sua primeira edição. 

Voltado ao impulsionamento de startups, o Ac boost se destaca pela forma inovadora de atuar. “Não definimos o Ac boost como aceleradora ou incubadora, porque vamos muito além disso”, menciona Alessandra Andrade, coordenadora do Conin e vice-presidente da ACSP. 

PUBLICIDADE




O programa tem como objetivo preparar startups para as suas próximas fases de desenvolvimento, através de toda a solidez e tradição da Associação Comercial de São Paulo somadas à modernidade e tecnologia que são a essência do Conin. 

Tânia Gomes Luz, head do Ac boost e conselheira de inovação da ACSP, dá mais detalhes sobre a seleção dos empreendimentos que irão para a próxima fase do programa.

“Tivemos a missão de selecionar, entre as mais de 200 inscritas, as 20 startups que seguirão em frente no processo. Foi uma tarefa árdua pois recebemos pitchs de muita qualidade e potencial. As selecionadas entram na próxima fase, em que passarão por uma avaliação do Sebrae-SP para um diagnóstico acurado sobre o que necessitam no exato momento em que estão”. 

Próximos passos para as startups

Tânia explica que as próximas fases serão decisivas para o relacionamento das startups com o ecossistema. “Vamos conectar os empreendedores com uma ampla rede de consultores, mentores, investidores, parceiros corporativos e governamentais, ou a qualquer que seja o impulso que a startup precise para se destacar”. 




As startups selecionadas para a segunda fase do Ac boost se posicionam em segmentos como tecnologia, educação, ciência de dados, saúde, jurídico, marketing, turismo e finanças, entre outros. 

Confira a lista completa de empresas aprovadas:

  • Abracadabra (João Pessoa/PB)
  • Acordos Brasil (Passo Fundo/RS)
  • ContSelf (Belo Horizonte/MG)
  • Dropview (São Paulo/SP)
  • iHungry (São Paulo/SP)
  • Invenis (São Paulo/SP)
  • Livesale (Cotia/SP)
  • Maistech Solutions (São Paulo/SP)
  • Medei (Santo André/SP)
  • Mooai (Campo Grande/MS)
  • Mooney Edu (Campinas/SP)
  • Overmetric (Rio de Janeiro/RJ)
  • Pinguim (São Paulo/SP)
  • Pontualis (Campinas/SP)
  • Proft (São Paulo/SP)
  • Radar Plantão (São Carlos/SP)
  • SpaceMoney Participações S/A (São Paulo/SP)
  • Shapp (São Paulo/SP)
  • Sua Rua (São Paulo/SP)
  • Uau-Fi (Araçatuba/SP)
Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!