COTAÇÃO DE 19/04/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5500

VENDA: R$5,5510

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5400

VENDA: R$5,7130

EURO

COMPRA: R$6,7043

VENDA: R$6,7067

OURO NY

U$1.771,25

OURO BM&F (g)

R$317,44 (g)

BOVESPA

317,44

POUPANÇA

0,1590%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Direto da Redação Inovação

Vivo e Wayra lançam desafio de acessibilidade para startups

COMPARTILHE

Crédito: Freepik

Como uma empresa inclusiva, que possui a diversidade em seu DNA, a Vivo, por meio da Wayra, seu hub de inovação aberta, anuncia desafio para startups que possam acelerar a inclusão de pessoas com deficiência visual na companhia.

O objetivo é encontrar startups para avaliar e desenvolver/adaptar uma solução que viabilize a utilização de ferramentas de leituras nas plataformas de comunicação interna utilizadas na Vivo e assim deixá-las mais acessíveis aos atuais colaboradores com deficiência e atrair novos talentos.

PUBLICIDADE

As inscrições estão abertas e vão até o dia 12 de março. As startups selecionadas para a fase final terão a chance de fazer pitch para os executivos da Vivo visando gerar negócios com a empresa.

A ação é parte da estratégia da área de Pessoas que possui o Programa Vivo Diversidade para assegurar uma cultura mais inclusiva e um ambiente mais diverso e representativo, por meio dos pilares de Gênero, LGBTI+, Raça e Pessoas com Deficiência.

Além de colocar em prática ações afirmativas, a Vivo acredita que o tema diversidade deve ser abordado com frequência e profundidade, em diferentes fóruns.

Pensando nisso, lançou a jornada que inclui 12 temas que são discutidos uma vez por mês com toda a empresa, acompanhado do lançamento de uma ação, nova política ou benefício. O de fevereiro é Deficiência Visual e tem a parceria da área de inovação aberta da Vivo.

“O desafio para startups é mais uma das nossas iniciativas para estimular uma cultura com mais pluralidade, representatividade e inovação na companhia. Sabemos que perspectivas diversas enriquecem e ampliam nossa visão de mundo, por isso temos a diversidade em nosso DNA e entendemos a importância de ações afirmativas para sermos cada vez mais inclusivos”, destaca a VP de Pessoas da Vivo, Niva Ribeiro.

A country manager da Wayra Brasil, Livia Brando, destaca que os desafios fazem parte da estratégia de comunicar as necessidades da corporação ao ecossistema empreendedor.

“A Wayra tem como propósito conectar a Vivo com startups a fim de gerar negócios. Assim, abrimos oportunidades para que as startups nos apoiem e geramos impacto com aumento da diversidade e da inclusão dos colaboradores, bem como melhoria do ambiente de trabalho, tornando-o cada vez mais acessível a todos”, afirma.

Diversidade e inclusão

A Vivo também está com outras iniciativas voltadas para a deficiência visual. A operadora acaba de fechar uma parceria com a Fundação Dorina Nowill para capacitação do público da instituição.

Além do treinamento, a companhia pretende absorver em seu quadro de colaboradores os profissionais que mais se destacarem durante a ação.

A companhia preparou ainda uma série de iniciativas internas para trazer conhecimento sobre o tema e destacar os principais desafios para a inclusão de pessoas com deficiência, como lives, vídeos com colaboradores cegos, cartilha digital e dicas que serão divulgadas nos canais internos da operadora.

A ideia é indicar atitudes inclusivas que podem ser tomadas no dia a dia, tanto no ambiente corporativo quanto nas relações pessoais.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!