Maria-Fumaça integra agenda
Crédito: Divulgação

Turistas que vão visitar as cidades de São João del-Rei e Tiradentes no Carnaval poderão programar um passeio na Maria-Fumaça. A linha turística terá saídas extras com o objetivo de atender a maior demanda dos próximos dias.

O percurso dura cerca de 45 minutos, cruzando fazendas centenárias, rios, montanhas e estações que preservam a arquitetura do século XIX. O trajeto é feito por 12 quilômetros da antiga Estrada de Ferro Oeste de Minas (Efom), inaugurada em 1881 por D. Pedro II. A única no mundo que ainda circula em bitola de 76 cm, a Maria-Fumaça tem capacidade para transportar até 250 passageiros por viagem.

A Maria-Fumaça conta com um vagão adaptado para facilitar o acesso de cadeirantes. A entrada e uma rampa nas estações têm melhorado não só a locomoção de pessoas com deficiência como também o acesso dos idosos.

História – A Maria-Fumaça que faz o trajeto entre as cidades do Campo das Vertentes é uma das poucas locomotivas a vapor no mundo que ainda rodam em bitola de 76 cm. No passeio de 12 quilômetros, a composição, com capacidade para transportar até 250 passageiros, passa pela antiga Estrada de Ferro Oeste de Minas (Efom). Cada percurso dura cerca de 50 minutos. A rota foi inaugurada em 1881 por D. Pedro II, cruzando rios, montanhas e estações que preservam a arquitetura do século XIX. No trajeto é possível avistar belas paisagens, como o rio das Mortes e a Serra de São José, área de preservação ambiental também conhecida como Serra de Tiradentes.

A estação de São João del-Rei é uma atração à parte. No prédio, também construído no século XIX, funciona o Museu Ferroviário inaugurado em 1981, ano do centenário da Estrada de Ferro Oeste de Minas. O acervo reúne objetos que contam a história da ferrovia no Brasil e na região, como a Efom nº 1, a primeira locomotiva da ferrovia. Pela riqueza de materiais, o Complexo Ferroviário da Estrada de Ferro Oeste de Minas é um dos maiores do Brasil.

Um dos principais atrativos da região, a locomotiva a vapor roda normalmente nas sextas-feiras, sábados e domingos. Desde 2001, a Ferrovia Centro Atlântica (FCA) é responsável pela manutenção e operação das estações de São João del-Rei e Tiradentes. (Da Redação)