Em meio ao efeito Brumadinho, Vale anuncia prejuízo líquido de US$ 1,6 bi
Crédito: REUTERS/Pilar Olivares

A mineradora Vale registrou prejuízo líquido de US$ 1,56 bilhão no quarto trimestre de 2019, ante lucro líquido de US$ 3,79 bilhões no mesmo período do ano anterior, informou ontem a companhia em seu relatório de desempenho financeiro. Com o resultado, a companhia acumula prejuízo líquido de US$ 1,683 bilhões em 2019, contra lucro de US$  6,8 bilhões no ano anterior.

O resultado negativo ocorre principalmente devido a baixas contábeis e provisões relacionadas ao rompimento de barragem em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em janeiro de 2019.

Uma das maiores produtoras globais de minério de ferro, a empresa teve um lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de US$ 3,5 bilhões de nos últimos três meses de 2019, queda de 20,8% ante o mesmo período de 2018.

No acumulado de 2019, o Ebitda ajustado da mineradora atingiu US$ 10,585 bilhões. O montante representa queda de 36,2% na comparação com 2018, quando atingiu US$ 16,593 bilhões. A margem Ebitda ficou em 28%, ante 45% no exercício anterior, de acordo com o balanço financeiro. (Com informações da Reuters)