Daniel Ely e Pedro Compani, das Empresas Randon | Crédito: Guilherme Mello

As Empresas Randon anunciaram, nesta terça-feira (18), o lançamento de uma empresa de investimentos em startups.

A Randon Ventures, que conta com o valor inicial de R$ 3 milhões na primeira rodada de investimento, tem como objetivo gerar oportunidades novos negócios para a companhia, aproximar a organização de ecossistemas de inovação e estimular projetos de pesquisa envolvendo novas tecnologias.

O foco principal da empresa são os segmentos complementares aos negócios da empresa como logística, serviços financeiros, seguros e mobilidade das coisas.

“A partir do trabalho em rede com startups, queremos ampliar os serviços e produtos oferecidos pela companhia e adquirir aprendizado para acelerar ainda mais a inovação organizacional na Randon”, salienta o CEO das Empresas Randon, Daniel Randon.

Para investir, coinvestir e acelerar startups, a Randon Ventures conta com a parceria da ACE, que colaborou na construção do processo de governança da nova empresa. Além disso, também conta com outras parceiras, como a Ventiur e a Baita Aceleradora.

De acordo com Randon, a expectativa é impulsionar até 12 startups no primeiro ano de atuação. “Sabemos que esse relacionamento resulta em ganhos mútuos, pois temos as competências de inovação da startup, com conceitos de agilidade e ideias disruptivas, aliada à solidez e à experiência de uma organização com 70 anos de presença nos mercados nacionais e internacionais”, destaca o CEO.

Além disso, a iniciativa aposta no desenvolvimento das comunidades onde a empresa está inserida, contribuindo com capacitações, mentorias e apoio aos novos ecossistemas de inovação.

Segundo Daniel Ely, diretor de Planejamento e RH, a Randon Ventures chega para integrar algo maior que está sendo construindo no grupo.

“Nos últimos anos, a Randon vem passando por um movimento intenso de transformação e de inovação em nossos negócios, nos nossos processos e na nossa cultura. Esta nova empresa vem para impulsionar ainda mais essas iniciativas disruptivas, necessárias para acompanhar as constantes mudanças do mundo”, completa Ely, que a partir de abril assume a posição de CTO (Chief Transformation Officer), nova função apresentada recentemente pela companhia e que visa liderar o processo de transformação da organização.

Investimentos – O primeiro investimento da iniciativa é a TruckHelp, plataforma de soluções e serviços para caminhoneiros e transportadoras, que conta com ferramentas que conectam esse público com autopeças e oficinas mecânicas.

A startup responsável pela solução é paranaense e está há quatro anos no mercado. “Ficamos empolgados por encontrar uma startup tão conectada ao nosso negócio. Será uma parceria que trará benefícios exclusivos e relevantes para os caminhoneiros no Brasil”, destaca Ely.