Cidade mineira foi considerada a nona mais aconchegante do mundo pelo site turístico - Crédito: Ricardo Cozo/Setur

Esta semana, Monte Verde ganhou fama internacional ao ser eleita pelo Booking.com (site turístico) na lista dos dez destinos mais acolhedores do mundo. Na seleção, realizada com base nas experiências de viajantes do mundo inteiro, o distrito é o único destino brasileiro contemplado.

Imagine um destino com características parecidas com as de Campos do Jordão, em São Paulo, ou às famosas cidades suíças, só que em Minas Gerais. Assim é Monte Verde, distrito de Camanducaia, na região Sul do estado. Localizada a 484 quilômetros da capital Belo Horizonte, a vila está a mais de 1,5 mil metros de altitude, em plena Serra da Mantiqueira. Uma curiosidade é que o destino sedia o aeroporto mais alto do Brasil – localizado a 1.560 metros de altitude.

Fundada por imigrantes letões em 1938, Monte Verde se tornou famosa pelos atrativos naturais, pela arquitetura inspirada em vilas europeias, pelo frio: lá, mesmo durante o verão a temperatura não chega aos 25º C e, nos  meses mais frios (junho e julho), não ultrapassa os 5º C, com registro de temperaturas negativas, geadas e até episódios de neve durante a madrugada e o começo da manhã.

Vocação turística – Não por acaso, a vila adotou vocação turística, com a criação de programas e passeios que exploram cenários de tirar o fôlego e atrativos naturais, um sofisticado parque hoteleiro (que inclui desde pequenas e charmosas pousadas até spas de alto luxo) e gastronomia de qualidade.

Com a indicação, a vila mineira passa a fazer parte do Traveller Review Awards 2020, prêmio anual da Booking.com que homenageia os parceiros de acomodação. Além de Minas Gerais/Brasil, a premiação contemplou destinos na Alemanha, Irlanda, Itália e em Taiwan, entre outros países. (Agência Minas)