COTAÇÃO DE 25/01/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5074

VENDA: R$5,5089

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5074

VENDA: R$5,5089

EURO

COMPRA: R$6,6799

VENDA: R$6,6828

OURO NY

U$1.856,15

OURO BM&F (g)

R$327,82 (g)

BOVESPA

-0,80

POUPANÇA

0,1159%%

OFERECIMENTO

Mercantil do Brasil - ADS

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Inovação Inovação-destaque livre

Projeto conectará fazendas do Estado

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Crédito: Reprodução

A Citrosuco, uma das maiores produtoras de suco de laranja do mundo, acaba de firmar uma parceria com a TIM para implementar um projeto de conectividade que viabilizará uma melhor gestão de suas atividades produtivas, conectando maquinários e equipamentos agrícolas em todas as suas fazendas próprias.

A solução irá muito além da área de plantio da empresa e levará conectividade às diversas cidades vizinhas, atendendo a uma área de 1,9 milhão de hectares.

A iniciativa faz parte do projeto “4G TIM no Campo”, criado em 2018 para levar a conectividade para o agronegócio brasileiro com a rede de quarta geração da operadora. Ativada na frequência de 700 MHz, a rede estará presente, inclusive, na maior planta de processamento de suco de laranja do mundo, localizada em Matão (SP), além de Catanduva (SP) e Araras (SP). A Citrosuco é a primeira empresa do setor 100% digital e contará com a tecnologia em todas as suas fazendas localizadas no interior paulista e Minas Gerais.

“Esse é mais um grande passo da TIM na estratégia de conectar o agronegócio brasileiro, iniciada no ano passado e fortalecida com nossa participação no ConectarAgro, iniciativa que já conecta mais de 5 milhões de hectares. Estamos muito orgulhosos de colaborar para a evolução dessa cadeia produtiva, tão importante para o País”, comenta Chief Revenue Officer da TIM Brasil, Alberto Griselli.

Assim como as demais parcerias do “4G TIM no Campo”, a operação conta também com a ativação da plataforma Narrow Band IoT (NB-IoT) da companhia, que amplia em mais de 40% o alcance da cobertura da rede, além de consumir menos bateria, sendo fundamental para aplicações de Internet das Coisas. A operadora foi pioneira ao oferecer a funcionalidade aos clientes corporativos e é líder na cobertura NB-IoT, disponível em mais de 3.000 cidades.

“Foram 18 meses de um criterioso processo de avaliação tecnológica até chegarmos na solução proposta pela TIM. Poder contar com uma rede robusta e de qualidade vai nos ajudar muito na otimização de processos; facilitar e agilizar nossas decisões e irá, ainda, viabilizar diversas iniciativas de nosso programa de transformação digital, o que permitirá acesso a patamares superiores de excelência operacional e sustentabilidade em nossas atividades agrícolas”, afirma o Diretor Executivo da Citrosuco, José Celidônio.

“O projeto com a Citrosuco permitirá a infraestrutura digital necessária para um controle em tempo real de todas as atividades das fazendas, acelerando a resolução de problemas e tomada de decisões, por exemplo”, finaliza Griselli, da TIM.

Gestão de frotas – A conectividade como facilitadora de soluções também vai beneficiar melhor infraestrutura com o continuo fortalecimento da gestão eficiente das frotas da Citrosuco. A TIM desenvolveu uma solução tecnológica que transforma de maneira ágil e flexível as operações logísticas dos clientes, desde as etapas de interação relacionadas às entregas realizadas pelos motoristas dos veículos, até as ações internas (transportador/embarcador) para tratamento de cenários diversos.

O projeto contempla infraestrutura digital para o monitoramento dos caminhões entre as fazendas e as fábricas, aumentando a produtividade e reduzindo eventuais perdas no processo de transporte, permitindo a leitura de todo o processo produtivo da companhia. O grande diferencial da solução foi a possibilidade de customização do fluxo para todas as etapas e com flexibilidade para atender diferentes aplicações.

A adesão da Citrosuco ao “4G TIM no Campo” representa um avanço importante no sentido de conectar o agronegócio no Brasil em um setor muito significativo para o País. Segundo dados da CitrusBR – Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos – o Brasil detém 50% da produção mundial de suco de laranja, exporta 98% do que produz e participa de 85% do mercado global. Mais de 50% da produção citrícola se concentra no Estado de São Paulo. (Da Redação)

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!

FIQUE POR DENTRO DE TUDO !

Não saia antes de se cadastrar e receber nosso conteúdo por e-mail diariamente