Crédito: Pixhere

O Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SindBebidas-MG)  divulgou nota, nesta terça-feira(14), informando que o comitê da entidade, em alinhamento com a Abracerva, que representa todas as cervejarias artesanais do Brasil, está sugerindo ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), responsável pela fiscalização do setor, e a seus afiliados o total banimento do etilenoglicol, monoetilenoglicol e dietilenoglicol no processo de produção de cerveja.

A entidade afirmou em nota que “reforça a sua posição de apoio à investigação que os órgãos competentes estão realizando para o esclarecimento da relação existente entre a intoxicação de pessoas pelo dietilenoglicol e dois lotes da cerveja Belorizontina”.

O sindicato concluiu se solidarizando com as vítimas e os familiares. (Da Redação)