Crédito: Pixabay

Para empresas que deram início ao home office esta semana, sem nenhuma preparação ou expertise, os próximos dias serão desafiadores. Não apenas pelas incertezas que essa pandemia do coronavírus traz, mas também porque trabalhar de forma remota necessita de rotina e experiência.

A empresa de tecnologia de gestão – Mainô – criou ações para ajudar outras companhias a adotarem a nova rotina – além de incentivar também os seus colaboradores. 

“Sabemos que alguns negócios não conseguem adotar um esquema 100% remoto como o feito na Mainô. E mesmo as que conseguem, não é fácil, afinal para empresas que jamais tiveram uma rotina de home office se adaptarem do dia para a noite será um desafio. Por isso, nós vemos como obrigação das empresas que já adotavam essa prática apresentar o caminho das pedras e ajudar quem está precisando manter a empresa eficiente em casa”, explica Eduardo Ferreira, CEO da Mainô. 

A empresa criou uma série de webinários gratuitos com temas sobre; como é trabalhar home office, como equipes de vendas podem atuar, além de dicas de produtividade e de ferramentas.

“Nosso objetivo é desmistificar o trabalho remoto e mostrar que é possível ter uma equipe produtiva desta forma”, explica Ferreira. A empresa também vai liberar para seus clientes o uso da plataforma gratuitamente por 3 meses.