Crédito: Leo Lara/Studio Cerri

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) encerrou 2019 com 496.663 automóveis e comerciais leves vendidos no Brasil, crescendo 14,5% em relação ao ano anterior.

Com esse resultado, a FCA assegurou a liderança do mercado brasileiro em 2019, como a empresa com maior volume de veículos comercializados, alcançando 18,7% de participação de mercado e avançando 1,2 ponto percentual no market share acumulado em comparação com 2018.

De acordo com a companhia, três modelos se posicionaram entre os dez mais vendidos no ano no Brasil: Fiat Argo (79.004 unidades), Fiat Strada (76.275 unidades) e Jeep Renegade (68.736 unidades).

As duas principais marcas da FCA cresceram acima da taxa de expansão do mercado. A Fiat comercializou 366.012 veículos no ano, com um crescimento de 12,4% em relação ao volume do ano anterior. As vendas da Jeep® somaram 129.483 unidades, com expansão de 21,1% na comparação com os resultados de 2018.

As duas marcas ganharam participação de mercado. A Fiat encerrou o ano com 13,8% de market share, avançando 0,6 ponto percentual em relação ao ano anterior. A Jeep alcançou 4,9% de market share, também com um crescimento de 0,6 ponto percentual.

América Latina – A FCA também expandiu sua presença na América Latina, apesar da retração do mercado argentino em relação ao ano anterior. Para um mercado que alcançou 4,18 milhões de unidades em 2019, com uma queda de 5,5% em relação aos 4,43 milhões de veículos no ano anterior, a FCA comercializou cerca de 580 mil veículos em 2019.

Esse volume de vendas corresponde a uma participação de mercado de 13,9% e a um ganho de 1,1 ponto percentual de participação em relação a 2018.

Brasil – No Brasil, a Fiat ampliou sua presença no mercado, conquistando market share. “Este foi um ano de virada e avanço para a Fiat, no qual a marca ganhou participação nas vendas totais. Evoluímos de 13,2% para 13,8% de participação, crescendo acima do mercado”, afirma o diretor do Brand Fiat para a América Latina e Comercial Fiat Brasil, Herlander Zola.

“Este resultado decorre de uma estratégia de posicionamento de nossos produtos em múltiplos segmentos e de lançamentos importantes que movimentaram as lojas e despertaram o interesse do consumidor”, acrescenta.

A marca lançou o Argo Trekking, o Cronos HGT, a Linha S Design (Toro, Argo e Cronos) e, no final do ano, o Toro Ultra e o Argo Trekking com câmbio automático.

No segmento hatch, a Fiat registrou crescimento de 1,8 ponto percentual em participação, avançando de 13,0% para 14,8%. O volume comercializado cresceu 18,9%, frente a um crescimento de apenas 4,8% do segmento. Esse resultado coloca a Fiat como a marca que mais avançou nesse segmento, passando de 128.106 para 152.291 unidades comercializadas.

A Fiat também reforçou sua presença nos segmentos em que é líder tradicional. Reafirmou a liderança no segmento de picapes pelo 15º ano consecutivo, com 41,4% de participação e crescimento de vendas de 12,8%, para 141.854 unidades.

A marca também garantiu o 10º ano consecutivo de liderança no segmento de vans, com 43% de participação no segmento. As vendas somaram 22.924 veículos, com expansão de 37,6%.

A Fiat foi a montadora que mais ganhou participação de mercado nas vendas ao varejo, registrando 0,9 ponto percentual de avanço. A marca cresceu 14,2%, enquanto o mercado varejo cresceu 3,8%.

Ainda conforme a companhia, as vendas da Jeep expandiram 21,1% em 2019. “Estamos fechando o ano com cerca de 130 mil veículos da marca vendidos, um recorde absoluto que faz do Brasil o segundo mercado da Jeep® no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos”, observa a diretora do Brand Jeep para a América Latina e Comercial Jeep Brasil, Tania Silvestri.

“Mas somos os primeiros em participação do mercado: em nenhum outro país as vendas da marca alcançam os 22% do segmento de SUVs como conseguimos atingir no mercado brasileiro”, completa.

A Jeep liderou pelo quarto ano consecutivo o segmento de SUVs, que é o que que mais cresce no mercado brasileiro.

O Jeep Renegade encerrou o ano como o SUV mais vendido no mercado brasileiro, seguido pelo Jeep Compass, que, por sua vez, continua líder no segmento de C-SUV. (Da Redação)