Aluno da Una Sete Lagoas vence competição nacional que valoriza o empenho para ter acesso à educação | Crédito: PRAVALER

O aluno de Engenharia Elétrica da Una Sete Lagoas, Pedro Henrique Corrêa, foi o vencedor da categoria Universitário do ‘Prêmio Educação Transforma’, promovido pelo programa de crédito universitário privado PRAVALER.

Ele desenvolveu uma ferramenta de entrega de informações rápidas e precisas que facilita a identificação das áreas que podem se tornar pontos focais de zoonoses e arboviroses, doenças transmitidas ao homem por animais e insetos.

A ideia surgiu depois que ele próprio contraiu dengue e descobriu que o processo de coleta e transmissão de informações ainda é arcaico. “A situação epidemiológica de nosso país com surtos de sarampo e febre amarela, por exemplo, me fez pensar no que posso contribuir para solucionar o problema”, diz.

O futuro engenheiro dedicou o prêmio aos pais e ressaltou a capacidade de transformação vinda do conhecimento. “Com tudo que estudei pude perceber que as máquinas, os softwares e as metodologias são meros coadjuvantes do conhecimento humano”, destaca.

O concurso, que está na terceira edição, recebeu 10 mil inscrições com histórias de superação que os estudantes enfrentaram para ter acesso universitário em todo o Brasil. Na avaliação do diretor da Una Sete Lagoas, Vinícius Costa, só é possível transformar o país pela educação, inspirando alunos e sociedade a concretizarem seus sonhos.

“A maioria dos nossos alunos são guerreiros, que trabalham duro para estudar. A temática do prêmio vai ao encontro da nossa missão de dar acesso à educação de qualidade”, afirma.

De acordo com o CEO do PRAVALER, Carlos Furlan, 69% dos estudantes que utilizam o programa são os primeiros membros de suas famílias a cursar o nível superior. “Esse reconhecimento irá possibilitar novas oportunidades para estes jovens, que se sentirão motivados, e terão ferramentas para se aperfeiçoar”, comenta.

O vencedor ganhou um programa completo de intercâmbio de 15 dias no Canadá (incluindo passagem, hospedagem, curso e auxílio viagem), R$ 4 mil reais em vale-educação, um notebook e sessões de coaching. Os 20 finalistas ganharam um cartão vale educação de mil reais.