VIVER EM VOZ ALTA | A lição de Daniel Azulay

Rogério Faria Tavares* Com a morte de Daniel Azulay, no dia 27 de março, no Rio de Janeiro, vítima da leucemia e do coronavírus, foi-se embora um dos artistas mais sensíveis, ternos e delicados da nossa época, tão brutalizada pela visibilidade concedida aos boçais, aos toscos e aos truculentos. Nascido na cidade maravilhosa, em 1947, […]