Mobilidade urbana na Grande BH precisa de  R$ 25 bi até 2042

Por Juliana Gontijo

Crédito: Alessandro Carvalho

A Região Metropolitana de Belo Horizonte precisa investir R$ 25,103 bilhões até 2042 em infraestruturas de mobilidade urbana.

Crédito: Charles Silva Duarte

O valor é necessário para se equiparar à infraestrutura de transportes ao padrão da Cidade do México e de Santiago, cidades que são referências na oferta de transportes urbanos na América Latina.

Crédito: Alessandro Carvalho

A estimativa está no estudo inédito da Confederação Nacional da Indústria (CNI): “Mobilidade Urbana no Brasil: Marco Institucional e Propostas de Modernização”.

Crédito: Alessandro Carvalho

No País, o valor necessário para o mesmo período é de R$ 295,27 bilhões ou cerca de 3% do PIB de 2022.

Crédito: Charles Silva Duarte

A maior parte dos recursos – R$ 271 bilhões – deve ser destinada à expansão de linhas de metrô.

Crédito: Charles Silva Duarte

O valor projetado para a RMBH é o quarto maior entre as localidades que estão no levantamento.

Crédito: Alessandro Carvalho

Saiba mais no Diário do Comércio

Crédito: Alessandro Carvalho