Portrait of beautiful smiling young designer woman sitting at home office desk working on laptop, focusing on project. Attractive cheerful model using computer. Indoors

Especialista dá orientações valiosas para colaboradores que estão adotando o home office e cultura de colaboração para inovar durante a pandemia da Covid-19

Diante dos novos desafios impostos pela pandemia da covid-19, a doença viral transmitida pelo coronavírus, uma das principais alternativas encontradas pelas empresas foi a adoção do home office, quando o colaborador realiza seu trabalho de forma remota. Mas, adaptar a rotina corporativa ao ambiente residencial não é uma tarefa tão simples quanto se imagina. Alguns colaboradores, pelos mais diversos motivos, podem diminuir o ritmo produtivo por conta da mudança, já que a presença dos filhos em casa, a facilidade de distração e até a preguiça podem ser alguns dos fatores que contribuem para a queda de ritmo.

Para ajudar aqueles que irão entrar em quarentena e terão que conciliar família e trabalho no mesmo ambiente, Melina Alves, CEO da DUXcowokers, consultoria que utiliza UX (User Experience) e cultura de coworking para desenvolver startups e projetos inovadores, separou cinco dicas preciosas que irão ajudar a evitar a queda na produção durante esse próximo período. Confira abaixo quais são elas: 

  1. Cultura Empreendedora: é preciso entender que seu chefe ou patrão também não tem culpa pela situação e ambos devem estar fazendo o melhor que podem diante desse grande desafio. Apoie na transformação digital do negócio que você trabalha, pois muitas ferramentas já estão no seu dia a dia. Você precisa apenas olhar para elas com olhos de empreendedor.
  1. Gestão de tempo: Você vai precisar planejar e adaptar sua rotina de casa com a rotina do trabalho. Crie lembretes, estabeleça limites e conecte-se aos seus pares de maneira a também respeitar o tempo deles. Pontualidade com os compromissos em grupo é essencial e, em caso de reuniões, é muito importante se preparar antecipadamente, de forma que elas sejam mais assertivas e focadas nas decisões relevantes aos participantes.
  1. Ferramentas: conheça e sempre busque novas ferramentas de trabalho que irá usar com os clientes e colaboradores para melhorar a experiência de interação remota. Instale-as antes de seus compromissos e treine para não se atrasar nos encontros ou projetos por conta da adaptação às tecnologias.
  1. Segurança da informação: as informações da empresa em que trabalha são sigilosas, assim como as do cliente. Privilegie o bom senso e não coloque em risco a sua carreira ou a empresa neste momento. Estamos vivendo um cenário de crise e qualquer novo impacto econômico pode colocar em jogo o trabalho de muitas pessoas. Para isto, vale checar a validade dos links compartilhados como uma forma de evitar riscos à segurança das informações.
  1. Adquira conhecimento: é um momento difícil, mas atravessaremos com muita colaboração. Empresas pequenas e profissionais autônomos podem aproveitar o período de reclusão para se profissionalizar e fazer cursos online gratuitos. Aproveite para vencer o vírus e sua carreira em tempos de digitalização avançada.