Chegam ao mercado novas cultivares de soja com alta produtividade

Desenvolvidas pela Embrapa, elas facilitam o controle de daninhas e agregam resistência a algumas lagartas

1 de fevereiro de 2024 às 5h15

img
Crédito: Divulgação/ Embrapa

Estão chegando ao mercado para a safra 2023/2024 duas novas cultivares de soja – BRS 1056IPRO e BRS 1064IPRO – que se destacam por apresentar grande potencial produtivo e sanidades, além das características da tecnologia Intacta RR2PR. Elas foram desenvolvidas pela Embrapa Soja e Fundação Meridional. Essas cultivares transgênicas possuem tolerância ao herbicida glifosato, o que facilita o controle de plantas daninhas e também agrega resistência a algumas lagartas.

A BRS 1056IPRO tem como ponto forte a alta performance produtiva. A cultivar vem superando os rendimentos das melhores cultivares, com ciclos próximos, disponíveis no mercado nas regiões de indicação de cultivo. Ela ainda apresenta estabilidade de produção, resistência ao acamamento, tipo de crescimento indeterminado e ciclo precoce.

“Essa cultivar tem chamado a atenção por reunir muitos aspectos positivos e relevantes para o planejamento, que almejam altos rendimentos”, diz o pesquisador da Embrapa, Carlos Lásaro Melo. E acrescenta: “Também agrada o fato de ela possibilitar o plantio antecipado, o que permite a sua inserção no sistema de rotação ou sucessão com outras culturas, nas regiões ou sistemas de produção que demandam essa semeadura antecipada”.

Os lançamentos também marcam um reposicionamento da empresa pública. “Além de altamente produtivos, os lançamentos na safra 2023/2024 também marcam o reposicionamento comercial da Embrapa que, juntamente com a Fundação Meridional, vem adotando novas estratégias de acesso ao mercado, de posicionamento de produto e escala de produção junto a cooperativas, grandes empresas de sementes e revendas agrícolas”, ressalta a chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Soja, Carina Rufino.

A outra cultivar, a BRS 1064IPRO, também possui excelente desempenho produtivo, com alta estabilidade e boa adaptação. “Ela apresentou ganho produtivo de 6,8% acima da média das principais cultivares padrões de mercado, de amplo cultivo na macrorregião de indicação”, destaca o pesquisador da Embrapa.

Ela também apresenta uma ampla janela de semeadura e de adaptação, além de ótimo desempenho na abertura de plantio, que é um atrativo para produtores interessados no cultivo do milho segunda safra. Essa cultivar apresenta ainda resistência ao acamamento e às principais doenças da soja, principalmente à podridão radicular de Phytophthora.

A Embrapa Soja e a Fundação Meridional vão lançar as cultivares de soja BRS 1056IPRO e BRS 1064IPRO na Vitrine de Tecnologia, durante o Show Rural Coopavel, que será realizado de 5 a 9 de fevereiro de 2024, em Cascavel, no Paraná. O evento abre o calendário de feiras agropecuárias brasileiras. (Com informações da Embrapa)

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail