DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2090

VENDA: R$5,2100

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1800

VENDA: R$5,3600

EURO

COMPRA: R$6,0756

VENDA: R$6,0768

OURO NY

U$1.813,62

OURO BM&F (g)

R$300,00 (g)

BOVESPA

-3,08

POUPANÇA

0,2446%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Agronegócio

Liberação de crédito rural para Minas aumenta 24%

COMPARTILHE

A soja foi a cultura que mais demandou financiamento no último mês da safra 2020/21 em MG: R$ 522,83 milhões | Crédito: Divulgação

Na safra 2020/21, os desembolsos do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) para Minas Gerais fecharam em R$ 30,61 bilhões, montante que ficou 24% superior ao registrado na safra anterior. Com o valor, Minas Gerais respondeu por 12% do volume de crédito liberado para o País, que somou R$ 248,93 bilhões, alta de 31%.

No Estado, nos 12 meses da safra, foram aprovados 233.412 contratos, expansão de 6% sobre o volume registrado em 2019/20. Os dados são da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

PUBLICIDADE

Dos R$ 30,61 bilhões liberados para o Estado, a maior parte foi destinada para a agricultura. Ao todo foram desembolsados para o setor R$ 19,54 bilhões, aumento de 25% frente aos R$ 15,65 bilhões registrados na safra anterior. Foram aprovados 90.324 contratos para acesso ao crédito na agricultura, volume 1% superior.

Para a pecuária os desembolsos somaram R$ 11,07 bilhões, o que representa um avanço de 23% frente ao volume de crédito da safra 2019/20, que foi de R$ 8,99 bilhões. A aprovação de contratos cresceu 9%, encerrando a safra em 143.088 unidades.

Para a assessora técnica da Seapa, Amanda Bianchi, o bom resultado da produção de grãos e os preços valorizados das commodities contribuíram para a alta vista nos desembolsos. A tendência é de demanda ainda aquecida na safra 2021/22, cujos desembolsos do crédito rural foram iniciados neste mês. Porém, houve aumento da taxa de juros. 

“Deve-se considerar, para a próxima safra, a questão do aumento das taxas de juros, que influem na captação de recursos, mas que pode ser ajustada com um bom planejamento. Há uma boa expectativa para os produtores de grãos. Durante a safra 2020/21, houve aumento significativo da demanda de crédito dos produtores de soja e milho, já que os preços foram bastante atrativos. A saca de 60 quilos da soja está sendo comercializada em torno de R$ 170 e a do milho, em torno de R$ 97. Além disso, com maiores recursos destinados ao armazenamento de grãos, os produtores poderão aumentar a produção e estocar seus produtos, tendo assim, maior flexibilidade nas vendas. E há também forte demanda de milho pelo setor de proteína animal”, explicou.

Pronaf

Amanda destaca ainda que outra expectativa positiva se refere ao aumento da demanda pelo crédito rural obtido através do Pronaf. Na safra 2020/21, o volume liberado chegou a R$ 3,05 bilhões, alta de 5,8%.

“Foram disponibilizados mais recursos para esta nova safra, e, na safra 2020/21, o valor dos contratos destinados à agricultura familiar, no Estado, foi quase 6% maior que na safra 2019/20”, completou.

Custeio lidera busca por recursos no Estado

A maior demanda por recursos do Plano Agrícola e Pecuário 2020/21 foi pela linha de custeio. De julho de 2020 a junho de 2021, foram liberados R$ 17,09 bilhões para o custeio da safra mineira, alta de 23% quando comparado com os R$ 13,91 bilhões registrados anteriormente. O número de contratos aprovados chegou a 95.283, volume que ficou estável.

A atividade agrícola demandou o maior volume de recursos da linha de custeio. Ao todo, foram liberados R$ 10,49 bilhões, montante 16% maior que o registrado na safra anterior. A aprovação de contratos somou 50.040, 6% inferior.

Dentre os produtos que tiveram maior demanda pelos recursos no último mês da safra 2020/21 estão: a soja (R$ 522,83 milhões), o café (R$ 340,82 milhões), o milho (R$ 120,18 milhões) e a cana-de-açúcar (R$ 38,5 milhões).

A pecuária demandou recursos na ordem de R$ 6,61 bilhões, alta de 35%. A aprovação de contratos de custeio para a pecuária aumentou 9%, somando 45.243 contratos.

Em junho, os principais demandadores dos recursos foram as produções de bovinos, com o valor de R$ 771,41 milhões, seguidas por suínos, com R$ 67,77 milhões, e avicultura, com R$ 55,9 milhões.

Ao longo da safra 2020/21, os desembolsos da linha de investimentos, em Minas Gerais, somaram R$ 8,29 bilhões, valor 39% superior aos R$ 5,97 bilhões registrados anteriormente. Os contratos aprovados da modalidade, 136.199, cresceram 10%.

Para a agricultura foram liberados R$ 4,73 bilhões para investimentos, variação positiva de 57%. A liberação dos recursos foi feita para 38.857 contratos, elevação de 14% frente ao volume registrado na safra anterior.

Na pecuária, a busca pelos recursos de investimento cresceu 21%, com a liberação de R$ 3,56 bilhões. A aprovação de contratos na modalidade apresentou alta de 9% e somou 97.342.

Os valores de crédito contratados para a linha de comercialização também ficaram maiores. De acordo com o levantamento, foram desembolsados R$ 4,25 bilhões para a modalidade em Minas Gerais, aumento de 11% sobre os R$ 3,82 bilhões registrados anteriormente. A aprovação de contratos de comercialização ficou menor, encerrando a safra com retração de 30% e somando 1.797 liberações, ante 2.577.

Para a linha de comercialização da agricultura foram liberados R$ 3,6 bilhões, alta de 24%, com a aprovação de 1.333 contratos, volume 20% menor. Na pecuária, o crédito de comercialização retraiu 31%, com liberação de R$ 630 milhões. A aprovação de contratos chegou a 464, redução de 49%.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!